Document details

Valorização energética do biogás produzido nos aterros sanitários de resíduos urbanos

Author(s): Teixeira, Constantino Dias

Date: 2010

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10071/2770

Origin: Repositório do ISCTE-IUL

Subject(s): Biogás; Resíduos urbanos; Aterros sanitários; Energias renováveis; Biogas; Urban waste; Landfill; Renewable energy


Description

O objectivo deste trabalho, realizado no âmbito do mestrado em gestão do ISCTE – Business School, é analisar a viabilidade económica de um projecto de investimento numa unidade de valorização energética do biogás, produzido nos aterros sanitários de resíduos urbanos (RU), bem como demonstrar, para além da sua sustentabilidade económica o seu contributo para a melhoria da qualidade de vida e do ambiente. O biogás que é produzido nos aterros sanitários (AS), é um combustível gasoso com um conteúdo energético elevado, semelhante ao gás natural, que resulta da decomposição, ao longo do tempo, da fracção orgânica biodegradável dos resíduos urbanos (lixos domésticos) que ali são depositados e que, à semelhança de outras energias alternativas (energia eólica, solar, hidráulica, biomassa, etc.) também é considerado uma fonte de energia renovável (Artigo 2º da Directiva n.º 2001/77/CE, de 27 de Setembro), facto que contribui naturalmente para a redução da factura energética externa de Portugal, no que diz respeito aos combustíveis fósseis. De salientar que, ao fazer-se o aproveitamento energético do biogás que conta na sua composição com metano (CH4) e dióxido de carbono (CO2), está a evitar-se que as emissões desses gases para a atmosfera contribuam para o efeito de estufa e desta forma para o aquecimento global do planeta. É neste âmbito que, será analisado como caso de estudo, o investimento num projecto de aproveitamento energético do biogás produzido no Aterro Sanitário de Mato da Cruz, onde o biogás ali produzido é valorizado, economicamente, em energia eléctrica.

This work, performed under the Master of Management ISCTE - Business School, analyse the economic viability of a project investment in a plant of energy recovery from biogas produced in landfills of municipal waste and as shown, in addition, their economic sustainability for his contribution to improving the quality of life and the environment. The biogas that is produced in landfills is a gaseous fuel with a high energy content similar to natural gas, which results from the decomposition, over time, the biodegradable organic fraction of the household waste that there are deposited and, like other alternative energy sources (wind, solar, hydro, biomass, etc.) is also considered a renewable energy source (Article 2 of Directive No. 2001/77/EC of 27 September) , which naturally contributes to reducing the energy bill outside of Portugal, in relation to fossil fuels. Important to underline, to make himself the energetic use of biogas, which relies in its composition methane (CH4) and carbon dioxide (CO2), is avoided that emissions of greenhouse gases into the atmosphere contribute to the greenhouse gases and thus to global warming. In this context it will be consider a real case for investment in an energy recovery project using landfill gas of Mato da Cruz, where there biogas produced is valued economically in electric energy.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Martins, Carlos Manuel
Contributor(s) Teixeira, Constantino Dias
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo