Document details

Empowerment psicológico, commitment afectivo e desempenho: um estudo no sector de retalho têxtil

Author(s): Bento, Daniela Fernandes Feliciano

Date: 2011

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10071/4142

Origin: Repositório do ISCTE-IUL

Subject(s): Empowerment psicológico; Commitment afectivo; Desempenho individual; Portugal; Psychological empowerment; Affective commitment; Individual performance


Description

Com o objectivo de conhecer o impacto do empowerment psicológico e do commitment afectivo no desempenho individual, foi conduzido um estudo numa cadeia de lojas de retalho têxtil onde trabalham 127 funcionários. Foram analisadas correlações e efectuadas regressões múltiplas para explorar as relações entre o empowerment psicológico, o commitment afectivo e o desempenho individual. Os resultados suportam a noção de que a percepção de empowerment promove o vínculo afectivo dos colaboradores à empresa, pelo que é reforçado o efeito positivo que este construto tem na relação entre a entidade patronal e os funcionários. Não foi contudo possível confirmar que esta relação afectiva influencie o desempenho individual. A importância da mutidimensionalidade do conceito de desempenho individual poderá surgir como resposta à não verificação desta relação, deixando-se como sugestão para estudos futuros a análise destas relações considerando, não apenas o desempenho individual de tarefas, como também comportamentos de cidadania organizacional. Uma das importantes implicações deste estudo é a necessidade das empresas promoverem nos seus colaboradores sentimentos de empowerment e não centrar apenas o empowerment em iniciativas e práticas organizacionais, pois é a percepção de empowerment que gera outputs positivos, como no caso, desejo de permanecer na empresa e desenvolver nela a sua carreira.

In order to know the impact of the psychological empowerment and affective commitment on individual performance, a study was conducted with 127 employees of a chain of textile retail stores. We analysed correlations and multiple regressions were carried out to explore the relationship between psychological empowerment, affective commitment and individual performance. The results support the notion that the perception of empowerment promotes an emotional bond between the employees and the company. This way, the positive effect that this construct has in the relationship between employer and employees is reinforced. It was not possible to confirm that this affective relation influences the individual performance. The importance of the multidimensionality of the individual performance’s concept can emerge as an answer to the non-verification of this relationship, leaving as suggestions to future studies the analysis of this relations, considering, not only the performance of individual tasks, but also organizational citizenship behavior. One of the important implications of this study is the need for companies to promote feelings of empowerment in the employees and not just focus the empowerment on organizational iniciatives, as is the perception of empowerment that generates positive outputs, as in the case, the wish to stay in the company and there develop the career.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Chambel, Maria José; Ramalho, Nelson
Contributor(s) Bento, Daniela Fernandes Feliciano
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents