Document details

Luxury brands and CRM, mutually exclusive? : developing a CRM strategy for Patek Philippe

Author(s): Weber, Sabrina

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10071/5175

Origin: Repositório do ISCTE-IUL

Subject(s): CRM; Luxury brands; CRM strategy; Patek Philippe; Marcas de luxo; Estratégia CRM


Description

Nowadays consumers get more demanding than ever before, marketing moves from the traditional transactional driven paradigm to the new, relational based paradigm. That is why customer relationship management (CRM) gains importance. Conventional brands were the first one’s that implement a CRM strategy in order to built strong long-life relationships with the most valuable customers. Luxury brands are just starting to realize the benefits of CRM. Whereas they are reluctant to use the usual and common techniques that have been proven successful for classic consumer goods because it involves the risk for luxury brands to loose its prestige status. Hence, luxury brands are facing the challenge to reconcile CRM and at the same time, keeping their luxury image. This work intents to answer the question if luxury brands and CRM are mutually exclusive or not based on the case study of developing a CRM strategy for the luxury brand watch company Patek Philippe. This case study is not conducted in cooperation with the company Patek Philippe that is why the type of case data used in this work is data available in the Internet, books, magazines or lectures. To answer the work’s question, theoretical knowledge gets applied to a real life situation by the reference of the case study of Patek Philippe. After presenting the theoretical knowledge necessary for the case study, an external and internal analysis of Patek Philippe will provide the basis to develop a CRM strategy for it. By means of two implementation models, the developed CRM strategy will be integrated in the business of Patek Philippe together with some real life examples. The evaluation of the CRM strategy will provide first insights and results to answer the work’s question if luxury brands and CRM are mutually exclusive or not. Moreover, the work opens a new door for future investigations.

Hoje em dia os consumidores estão cada vez mais exigentes. O marketing transacional tem vindo a dar lugar ao marketing relacional ganhando deste modo cada vez maior importância o CRM (Customer Relationship Management). As primeiras marcas a implementar uma estratégia de CRM foram as mais convencionais visando obter relações duradoiras com seus clientes de maior valor. As marcas mais exclusivas (luxuosas) só agora tendem a apreciar os possíveis benefícios que um programa de CRM lhes pode aportar. No entanto, a estas últimas, ainda lhes subsiste a dúvida da aplicabilidade de uma réplica do modelo que tão bem serviu as marcas convencionais dado o receio que têm de perder a sua auréola de exclusividade e prestigio. Deste modo a conciliação entre os programas de CRM e a manutenção da imagem de marca exclusiva torna-se um desafio que merece ser estudado. Esta tese pretende dar um contributo no sentido de entendermos se os programas de CRM são ou não aplicáveis às marcas de luxo baseado-se para o efeito na aplicação de conceitos de CRM à Patek Philippe. De referir que todo este estudo foi conduzido de forma completamente autónoma, recorrendo a informação totalmente publica passível de ser encontrada em livros, internet, revistas e documentação académica e não em colaboração com a Patek Philippe direta ou indiretamente. Para responder á questão que o estudo levanta foi aplicado conhecimento teórico a situações quotidianas relacionadas com a realidade da Patek Philippe. Após a apresentação dos pressupostos teóricos, procedeu-se a uma análise externa e interna da Patek Philippe como base do desenvolvimento de uma estratégia CRM a aplicar. Usando dois modelos de implementação possíveis, foi desenvolvida uma estratégia passível de ser aplicada aos negócios da Patek Philippe complementada com exemplos da vida quotidiana. A avaliação da estratégia CRM providenciará alguns resultados e soluções para responder à questão posta neste estudo se há ou não compatibilidade na aplicação de CRM às marcas de luxo. Este estudo pretende ainda abrir novas perspectivas para futuras investigações.

Document Type Master thesis
Language English
Advisor(s) Costa, Manuel Lopes da
Contributor(s) Weber, Sabrina
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents