Document details

Entre projeto e convivência: ser jovem nas periferias pobres do Mindelo, Cabo Verde

Author(s): Martins, Filipe Daniel Santos Silva

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10071/6078

Origin: Repositório do ISCTE-IUL

Project/scholarship: info:eu-repo/grantAgreement/FCT/SFRH/SFRH%2FBD%2F29586%2F2006/PT;

Subject(s): Jovem; Cabo Verde; Modernidade; Projeto; Convivialidade; Interdependência; Youth; Cape Verde; Modernity; Project; Conviviality; Interdependence


Description

Em Cabo Verde nas últimas décadas os jovens têm ganho saliência como um grupo e como uma categoria sociais de importância crescente. A sua importância é não apenas demográfica, mas também política, económica e simbólica. Partindo de dados etnográficos recolhidos na cidade do Mindelo, e em particular entre jovens habitantes das suas periferias pobres, esta tese propõe uma análise que coloca a categoria de “jovens” como eixo de compreensão / revelação das estruturas sociais contemporâneas e das contradições da própria modernidade cabo-verdiana. São confrontados os discursos dominantes sobre os jovens com os discursos dos próprios jovens, sobressaindo uma visão paradoxal das oportunidades disponíveis, que parecem crescer ao mesmo tempo que parecem tornar-se cada vez mais escassas. No contexto das transformações recentes na sociedade cabo-verdiana, propõe-se uma interpretação deste paradoxo à luz de uma etnografia que revela as práticas coletivas e as trajetórias biográficas dos jovens e que dá conta dos seus constrangimentos, das suas expectativas face ao futuro e das suas opções de vida. Esta análise permite identificar uma socialidade juvenil constituída na tensão entre a imaginação de projetos futuros e o investimento quotidiano na convivência e na interdependência entre pares e nasredes familiares, sendo esta tensão profundamente dependente – e definidora – da ambiguidade e incerteza associada à condição juvenil contemporânea em Cabo Verde.

In Cape Verde in recent decades young people have gained salience as a group and as an increasingly important social category. Its importance is not only demographic but also political, economic and symbolic. Based on ethnographic data collected in the city of Mindelo, particularly among young people from its poor and peripherical neighborhoods, this paper proposes an analysis thatplaces the category of "young" as an axis of understanding / revelation of contemporary social structures and the contradictions of Cape Verdean modernity. Dominant discourses about young people are confronted with the discourses of young people,highlighting a paradoxical view of the opportunities available to them that seem to grow and at the same time seem to become increasingly scarce. In the context of recent transformations in Cape Verdean society, I propose an interpretation of this paradox in light of an ethnography that reveals the collective practices and biographical trajectories of young people and gives an account of their constraints, their expectationstowards the future and their life choices. This analysis identifies a sociality of youth constituted in the tension between the imagination of future projects and the investment in everyday interaction (convivência) and interdependence among peers and family networks, which is deeply dependent on - and defining - the ambiguity and uncertainty associated with the condition of contemporary youth in Cape Verde.

Document Type Doctoral thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Almeida, Miguel de Matos Castanheira do Vale de
Contributor(s) Martins, Filipe Daniel Santos Silva
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents