Document details

Somos diferentes mas pensamos da mesma forma: o impacto das crenças acerca da diversidade e das cognições partilhadas sobre o tempo na eficácia de equipas

Author(s): Rodrigues, Andreia Raquel Neto

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10071/6135

Origin: Repositório do ISCTE-IUL

Subject(s): Crenças acerca da diversidade; Cognições partilhadas sobre o tempo; Eficácia de equipa; Diversidade informacional; Diversity beliefs; Shared temporal cognitions; Team effectiveness; Informational diversity


Description

As equipas são centrais nas organizações sendo que a investigação na área organizacional procura perceber que fatores distinguem equipas eficazes das não eficazes. Este estudo teve como componente inovadora o facto de agregar as áreas de investigação da diversidade e das cognições partilhadas sobre o tempo. Especificamente, pretendíamos perceber se as crenças acerca da diversidade e as cognições partilhadas sobre o tempo moderavam a relação entre diversidade (objetiva e subjetiva) e a eficácia de equipas. Neste estudo a amostra foi constituída por 257 equipas que participaram na simulação empresarial Global Management Challenge®. Uma vez que o desafio ocorre exclusivamente por meio eletrónico, a recolha de dados foi igualmente, realizada por esta via. Os resultados revelaram que, ao contrário do esperado, as crenças acerca da diversidade e as cognições partilhadas sobre o tempo não funcionaram como variáveis moderadoras na relação entre diversidade e eficácia. No entanto, os resultados encontrados revelaram que o facto dos elementos das equipas partilharem cognições sobre a forma de gerirem o tempo e o valor que acreditam que a diversidade tem, parece estar relacionado com aspetos emocionais de equipa enquanto que, a diversidade (objetiva ou subjetiva) parece estar mais relacionada com a eficácia em termos de tarefa. Assim sendo, parece que diferentes tipos de preditores têm relação com a eficácia em diferentes níveis. Adicionalmente, foram salientadas as principais implicações deste estudo, as suas limitações e sugestões para estudos futuros.

Teams are central in organizations, for this purpose organizational research aims to make a distinction between what makes teams effective or not. The main innovation of this study was the aggregation of diversity and shared temporal cognitions research. Specifically we intended to perceive if pro-diversity beliefs and shared temporal cognitions moderated the relation between objective and subjective diversity and team effectiveness. In the present study, we collected data from 237 participants of the Global Management Challenge®. Data was accessed electronically since challenge only occurs virtually. Results revealed that, diversity beliefs and shared temporal cognition did not moderated the relationship between diversity and team effectiveness. Although, results showed that members in teams whose cognitions about time management are congruent and which value diversity are more satisfied with their teams. On the other hand, objective and subjective diversity in teams are more related to performance. It seems that each predictors are related to effectiveness in different aspects. Additionally, we addressed study’s implications, limitations and made suggestions for future studies.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Passos, Ana Margarida
Contributor(s) Rodrigues, Andreia Raquel Neto
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents