Document details

Drivers of donation practices: altruism and religiosity revisited

Author(s): Abreu, Maria Madalena Eça Guimarães de

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10071/6203

Origin: Repositório do ISCTE-IUL

Subject(s): Práticas de donativos; Altruísmo; Comportamento prosocial; Religiosidade; Donations practices; Altruism; Prosocial behavior; Religiosity


Description

Este estudo investiga como a motivação, o comportamento prosocial, a afiliação religiosa, e a religiosidade impactam nas práticas de donativos. Especificamente, este estudo propõe um modelo que assume que as práticas de donativos são uma função de quatro grandes condutores: a motivação, o comportamento prosocial, a afiliação religiosa, e a religiosidade, do doador. Adicionalmente são testados os efeitos moderadores da religiosidade na relação entre motivação, comportamento prosocial, e afiliação religiosa, com as práticas de donativos. As práticas de donativos dizem respeito à frequência e ao montante do donativo de um indivíduo a uma organização sem fins-lucrativos, e também ao tipo da organização – religiosa ou secular – que o doador apoia. A motivação do doador é aferida através do binário altruísmo-egoísmo. O comportamento prosocial do doador é identificado pelos atos de voluntarismo e compaixão. A afiliação religiosa do doador especifica a adesão de um indivíduo a um grupo religioso em particular. A religiosidade do doador trata de aspetos psicológicos das actividades religiosas. A investigação desenvolveu-se em duas fases: entrevistas exploratórias com uma abordagem da “grounded theory”, e questionário em grande escala. Este estudo sustenta empiricamente que o altruísmo é a base das práticas de donativos, e que a religiosidade é uma variável subjacente que parcialmente determina as práticas de donativos. Alias, os resultados centrais mostram que nas práticas de donativos o altruísmo está mais enraizado nas pessoas religiosas. Considerando o contributo para o marketing e angariação de fundos das organizações religiosas fica reconhecido que parece ser crucial pertencer a uma denominação religiosa no que concerne às práticas de donativos.

This study explores how motivation, prosocial behavior, religious affiliation, and religiosity impact on donations practices. Specifically, this research proposes a framework arguing that donations practices are a function of four main drivers: donor’s motivation, prosocial behavior, religious affiliation, and religiosity. Furthermore, the moderating effects of religiosity on the relationship between motivation, prosocial behavior, religious affiliation, and donations practices are examined. Donations practices concern the frequency and the amount of the donation by an individual to a charity, and the type of charities – religious or secular – the donor supports. Donor motivation is viewed via the altruism-egoism binary. Donor prosocial behavior is identified by acts of volunteerism and compassion. Donor religious affiliation specifies the adherence of an individual to a particular religious group. Donor religiosity addresses the psychology of religious activities. Research was carried out in two empirical stages: exploratory interviews held within a grounded theory approach, and a large scale questionnaire. This study provides empirical support that altruism is the basis of donations practices, and that religiousness is an underlying variable that partly determinates donations practices. Moreover, the key findings indicate that altruism appears to be more engrained within religious people in donations practices. Considering some recommendations for marketing and fundraising of religious organizations, it can be acknowledging that being part of a religious denomination seems crucial for the donations practices.

Document Type Doctoral thesis
Language English
Advisor(s) Silva, Rui Vinhas da; Laureano, Raul
Contributor(s) Abreu, Maria Madalena Eça Guimarães de
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents