Document details

Comprometimento Organizacional dos Trabalhadores Temporários

Author(s): Santos, Diana Fonseca ; Moreira, Paulo Pinto (Orientador)

Date: 2017

Origin: Repositório Aberto do Instituto Superior Miguel Torga

Subject(s): Comprometimento organizacional - Organizational commitment; Trabalho temporário - Temporary work; Antiguidade e idade - Seniority and age


Description

A temática do comprometimento organizacional continua a suscitar uma grande atenção por parte dos investigadores e gestores de recursos humanos. O comprometimento dos colaboradores para com as organizações apresenta-se como uma vantagem competitiva, no entanto, a mesma competitividade tem sido apontada como uma consequência do aumento da contratação de pessoas em regime de trabalho temporário, tornando-se imperioso que a investigação e a prática persistam nos esforços para desenvolver o conhecimento acerca do comprometimento organizacional dos trabalhadores temporários. O objetivo do presente trabalho de investigação consistiu na análise do comprometimento organizacional dos trabalhadores temporários em relação à organização, de forma a verificar se as variáveis sociodemográficas - idade e antiguidade – aparecem correlacionadas com os níveis de comprometimento organizacional. Para o efeito, a investigação foi conduzida em contexto organizacional, com uma amostra constituída por trabalhadores em regime temporário de trabalho, que exercem funções na FUNFRAP – Fundição Portuguesa, S.A., unidade fabril da multinacional Teksid, tendo sido recolhidos 50 questionários válidos. Os resultados obtidos na abordagem quantitativa demonstraram que os trabalhadores temporários participantes no questionário apresentam médias mais elevadas no comprometimento instrumental em comparação ao comprometimento normativo e afetivo. Através da análise das correlação (Spearman) verifica-se a existência de uma relação entre as médias dos três tipos de comprometimento organizacional – afetivo, normativo e instrumental- apresentando níveis moderados a fortes. As variáveis observadas - idade e antiguidade - obtiveram correlações inconstantes e pouco significativas, como por exemplo, correlações negativas de -0,23 na relação entre a antiguidade e o comprometimento instrumental e correlação de 0,17 na relação entre a idade e o comprometimento instrumental, com as variáveis do comprometimento organizacional. O estudo realizado permitiu concluir que os trabalhadores temporários da amostra possuem diferentes níveis de comprometimento organizacional sendo que a média mais elevada revelou-se no comprometimento instrumental. Constatou-se, ainda, que a variáveis sociodemográficas – idade e antiguidade- obtiveram relações inconstantes com as variáveis do comprometimento organizacional. Por fim, referir que foi alcançado o objetivo proposto inicial de identificar, nos trabalhadores temporários, os três níveis de comprometimento organizacional e perceber a forma como se correlacionam as variáveis idade e antiguidade com as dimensões do comprometimento organizacional. / The issue of organizational commitment continues to attract great attention from researchers and managers of human resources. The commitment of the employees to their organizations presents itself as a competitive advantage. However, the same competitiveness has been pointed out as a consequence of the increase in the hiring of temporary workers, making it imperative that research and practice continue in efforts to develop knowledge about the organizational commitment of temporary workers. The objective of this research was to analyze the organizational commitment of temporary workers with regards to their organization, by verifying if the sociodemographic variables - age and seniority - appear correlated with the levels of organizational commitment. For this reason, the research was carried out in an organizational context, by collecting 50 valid questionnaires from a sample of temporary workers at FUNFRAP - Fundição Portuguesa, S.A., a manufacturing unit of the Teksid multinational. The results obtained by this quantitative approach showed that the temporary workers participating in the questionnaire presented higher averages of the instrumental impairment compared to normative and affective impairment. The analysis of the correlation (Spearman) verified the existence of a relationship between the averages of the three types of organizational commitment - affective, normative and instrumental - presenting moderate to strong levels. The observed variables - age and seniority - obtained inconstant and insignificant correlations, such as negative correlations of -0.23 in regard to seniority and instrumental impairment and a correlation of 0.17 in regard to age and instrumental impairment, with the variables of the organizational commitment. This study concluded that the temporary workers used in the sample had different levels of organizational impairment and that the highest average was found in the instrumental impairment. It also showed that socio-demographic variables - age and seniority - obtained inconsistent relationships with the variables of organizational commitment. It further pointed out that the initial proposed goal was achieved by identifying the three levels of organizational commitment in temporary workers and perceiving the way in which the variables age and seniority are correlated with the dimensions of organizational commitment.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Santos, Diana Fonseca; Moreira, Paulo Pinto (Orientador)
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents