Document details

Relação entre comportamentos de bullying, variáveis sociodemográficas, autoconceito e auto-estima em alunos do 3º ciclo

Author(s): Mouro, Ana Catarina Ferreira

Date: 2008

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.12/3585

Origin: Repositório do ISPA - Instituto Universitário

Subject(s): Bullying; Variáveis sociodemográficas; Autoconceito; Socio-demographic variables; Self-concept


Description

Tendo como ponto de referência a variedade de resultados obtidos nos diversos trabalhos sobre o fenómeno bullying entre pares, o principal objectivo deste estudo é contribuir para o conhecimento das várias manifestações que estas condutas podem assumir e perceber de que forma se relacionam com algumas variáveis sociodemográficas (género, ano de escolaridade e idade) e com o autoconceito. Numa amostra de 192 participantes do 3º ciclo do Concelho de Lisboa, através do Questionário de Exclusão Social e Violência Escolar (QEVE) e da Escala de Autoconceito para Adolescentes, verificámos que as condutas de bullying mais frequentes remetem para comportamentos de exclusão social e verbal. Em relação às variáveis sociodemográficas apenas encontrámos diferenças significativas em relação ao género. Os rapazes evidenciaram participar com mais frequência em condutas de agressão, quer de “exclusão social e verbal” quer físicas, comparativamente às raparigas. Procedemos igualmente à identificação das vítimas, agressores, vítimas-agressivas e aos não envolvidos. Estes quatro grupos demonstraram diferenças significativas entre si em relação aos domínios do autoconceito (social, aparência física, atracção romântica) e à auto-estima.

ABSTRACT: Taking into account the variety of results obtained in wide range of studies about the phenomenon of bullying amongst peers, the aim of the present study is to contribute to the understanding of the several forms these behaviours can take, and appreciate in which way do these bear relation to certain socio-demographic (e.g. gender, year of study, age) and self-concept variables. A sample comprising 192 participants of middle school students from Lisbon County, were administered the Social Exclusion and School-related Violence Questionnaire (QEVE). The results indicate that most frequent display of bullying behaviours correlate with social and verbal exclusion behaviours. Regarding the socio-demographic variables, the most significant differences were only found at the level of gender relations. The boys reported higher overall rates of both “social exclusion and verbal” and physical aggressive behaviour when compared with girls. The study also identified four other groups, the victims, aggressors, victim-aggressors and non-involved. Results point towards significant differences amongst these groups in the selfconcept categories (social, physical, appearance, romantic attraction) and in self-esteem.

Dissertação de Mestrado apresentada ao ISPA - Instituto Universitário

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Silva, Ana Cristina
Contributor(s) Mouro, Ana Catarina Ferreira
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents