Document details

Vinculação e auto-conceito em sujeitos toxicodependentes residentes em comunidades terapêuticas

Author(s): Ramalho, Ana Filipa Avelino

Date: 2009

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.12/4065

Origin: Repositório do ISPA - Instituto Universitário

Subject(s): Toxicodependência; Vinculação; Auto-conceito; Addiction; Attachment; Self-concept; Psicologia Clínica; Psicologia Clínica; Psicologia Clínica


Description

Problema: Os toxicodependentes têm muitas vezes vinculações inseguras e um auto-conceito baixo, o que pode ser visto como um factor de risco na génese de manutenção e recaídas da toxicodependência. Objectivo: Este estudo pretende perceber se existe relação entre a vinculação e o auto-conceito e a evolução dos mesmos ao longo do tratamento de sujeitos toxicodependentes. Método: Estudo correlacional transversal, que usou uma amostra de 65 sujeitos, recolhida em três comunidades terapêuticas diferentes (uma localizada na margem Sul, outra em Lisboa e outra nos arredores de Lisboa). Foi aplicada a Escala de Vinculação do Adulto, de Canavarro, M. C., Dias, P., Lima, V., 2006, e o Inventário Clínico do Auto-Conceito, de Serra, A. V., 1985. Os resultados mostram que existe uma relação significativa entre vinculação e auto-conceito. Estas variáveis não apresentam correlação com o número de dias do tratamento nas comunidades terapêuticas, mas a correlação entre as mesmas torna-se mais forte com mais tempo de tratamento.

ABSTRACT: Problem: Drug abusers often have insecure attachments and a low self-concept which can be seen as a risk factor in the genesis and relapse of addiction. Goal: This study wants to understand the relationship between attachment and self-concept and their evolution during treatment of drug-addicts. Method: Correlational cross study, that used a 65 people sample, gathered in 3 different therapeutic communities ( one in the South margin of Tagus river, another in Lisbon and another in Lisbon surroundings). It was applied the Adult Attachment Scale, by Canavarro, M C., Dias, P., Lima, V., 2006, and the Clinical Inventory of Self-Concept, by Serra, A. V., 1985. These variables do not show direct significant relation with the number of treatment days in the therapeutic communities, but the direct relation between these variables becomes stronger with more treatment days.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Torres, Nuno
Contributor(s) Ramalho, Ana Filipa Avelino
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents