Document details

Sentimos muito mas não contagiamos: Estudo comparativos níveis de alexitimia, espontaneidade e bem-estar psicológico em sujeitos com e sem psoríase

Author(s): Batista, Cristiana Machado da Silva

Date: 2010

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.12/4227

Origin: Repositório do ISPA - Instituto Universitário

Subject(s): Psoríase; Espontaneidade; Bem-estar psicológico; Psicossomática; Psoriasis; Alexithymia; Spontaneity; Psychological well-being; Psychosomatics; Psicologia Clínica; Psicologia Clínica; Psicologia Clínica


Description

O tema central desta tese é a psoríase, uma doença crónica de pele, incurável, onde os aspectos psicológicos e sociais estão em risco. Investigamos em particular os níveis de alexitimia, espontaneidade e bem-estar psicológico em doentes de psoríase. Na componente teórica, é apresentada uma perspectiva psicossomática da doença. O objectivo deste estudo é perceber que relação existe entre a alexitimia, a espontaneidade e o bem-estar psicológico nos doentes portadores de psoríase, recorrendo aos instrumentos Toronto Alexithymia Scale-20 (TAS-20), Revised Spontaneity Assessment Inventory (SAI-R) e Escala de Bem-Estar Psicológico (EBEP). Pretende-se igualmente estabelecer comparações entre estes doentes e uma população de não portadores da doença. A amostra é constituída por 175 sujeitos, sendo que 112 são portadores de psoríase. Os resultados obtidos permitiram constatar, na amostra, a prevalência significativa de alexitimia nos doentes de psoríase, em comparação com os não doentes, e níveis de espontaneidade e bem-estar psicológico igualmente mais baixos. Obteve-se uma correlação positiva entre os valores obtidos na SAI-R e na EBEP e uma correlação negativa entre a TAS-20 e a SAI-R e entre a TAS-20 e a EBEP.

ABSTRACT: Psoriasis is a chronic skin disease, incurable, where the psychological and social aspects are at risk. In this study, we investigated the levels of alexithymia, spontaneity and psychological well-being in patients with psoriasis. In the theoretical part, a psychosomatic perspective of the illness is presented. The purpose of this study is to understand the relationship between alexithymia, spontaneity and psychological well-being in patients with psoriasis using the tools Toronto Alexithymia Scale-20 (TAS-20), Revised Spontaneity Assessment Inventory (SAI-R) and Scale of Psychological Well-Being (EBEP). It is also intended to draw comparisons between these patients and a population of nonpatients. The sample comprised 175 subjects, 112 of which are suffering from psoriasis. A significant prevalence of alexithymia in patients with psoriasis was found, when compared with no patients, and levels of spontaneity and psychological well-being were low. We obtained a positive correlation between scores on the SAI-R and EBEP and a negative correlation between TAS-20 and SAI-R and between the TAS-20 and EBEP.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Gonzalez, António José C. A.
Contributor(s) Batista, Cristiana Machado da Silva
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents