Document details

Turismo de natureza : comportamentos e perceção do impacto ambiental

Author(s): Medeiros, Ana Paula Silva Sousa

Date: 2018

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.3/4622

Origin: Repositório da Universidade dos Açores

Subject(s): Turismo de Natureza; Impacto Ambiental; Impacto Económico; Impacto Social; Nature Based Tourism; Pro-Environmental Attitudes; Domínio/Área Científica::Ciências Sociais::Economia e Gestão; Domínio/Área Científica::Ciências Sociais::Economia e Gestão; Domínio/Área Científica::Ciências Sociais::Economia e Gestão


Description

A estratégia do turismo regional define o destino Açores com base na natureza e apresenta a paisagem como pristina, o mar e os animais marinhos como únicos, criando uma imagem e expectativas centradas em ícones da paisagem e da vida selvagem açoriana. Este trabalho estuda a procura turística regional em S. Miguel, mormente a perceção que os turistas têm dos impactos ambientais provocados pelas suas atividades, tendo em conta os seus valores e atitudes face às problemáticas ambientais, utilizando o quadro conceptual do New Environmental Paradigm (NEP). Um inquérito realizado a 376 turistas caracterizou os seus valores, os seus comportamentos pré-visita, os motivos de escolha do destino e a sua perceção dos impactos potenciais provocados pela sua visita. A segmentação com base na NEP identificou que 63% da amostra, tem valores ambientais ecocêntricos ou amigos do ambiente. Dos quatro clusters identificados com recurso à escala NEP, dois destacam-se por terem valores amigos do ambiente. Em ambos se regista uma predominância de turistas jovens, respetivamente 63% e 43%, nacionais e do sul da Europa, que demonstram uma perceção dos impactos ambientais negativos elevada, em particular o excesso de visitantes, o lixo e a degradação da vegetação natural. A introdução de zonamento nas áreas mais sensíveis, o reforço da informação ambiental, a introdução de regras e códigos de conduta para o grupo mais sensível a alterar os seus comportamentos pode aumentar a sustentabilidade da atividade.

ABSTRACT: The touristic strategy of this region defines the Azores destination with base on nature and presents the landscape as pristine, sea and marine animals as unique, creating an image centered on icons of landscape and Azorean wildlife. The present work analyses the tourist demand in S. Miguel focusing on the perception of the impacts caused by their activities, their values and attitudes towards environmental problems, using the conceptual framework of New Environmental Paradigm (NEP). A survey proposed to 376 tourists characterized their values, their pre-visit behavior, the reasons for choosing the destination and their perception of the potential impacts of their visit. Segmentation based on the NEP identified that 63% of the sample has ecocentric and environmentally friendly values. Of the four clusters identified with the NEP scale, two of them stand out as Environmentally Friendly Tourists. In both cases there is a predominance of young tourists, 63% and 43%, respectively, national and southern Europe, who show a high perception of negative environmental impacts, in particular the excess of visitors, litter and natural vegetation degradation. Introduction of zoning in the most sensitive areas and reinforcing environmental information and introducing rules and codes of conduct for the group most sensitive to change their behavior will increase the sustainability of the tourism activity.

Dissertação de Mestrado, Ciências Económicas e Empresariais, 23 de fevereiro de 2018, Universidade dos Açores.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Lopes, Fernando Rosa Rodrigues
Contributor(s) Medeiros, Ana Paula Silva Sousa
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents