Document details

Conservação dos vertebrados terrestres das Flores e do Corvo

Author(s): Medeiros, Fátima ; Fonseca, Amélia ; Gouveia, Cátia ; Nunes, Rafael ; Vieira, José ; Veiga, Margarida ; Nóia, Marlene ; Fraga, Marta

Date: 2008

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.3/713

Origin: Repositório da Universidade dos Açores

Subject(s): Biodiversidade; Diversidade de Habitats; Espécies Raras; Vertebrados Terrestres; Ilha do Corvo (Açores); Ilha das Flores (Açores)


Description

As Flores e o Corvo encontram-se mais afastadas dos continentes mais próximos (Europeu e Africano) do que as restantes ilhas do Arquipélago dos Açores. Consequentemente são as que suportam menor biodiversidade. No entanto, o facto de apresentarem alguma diversidade de habitats naturais constitui um factor que minimiza a redução de biodiversidade. Para além disso o baixo número de habitantes por Km2 (28 - Flores e 25 - Corvo) diminui, de um modo geral, a pressão humana sobre os diferentes habitats naturais. Aquelas ilhas podem, como resultado, constituir um reservatório natural por excelência para a ocorrência de espécies raras de vertebrados, que se deslocam com autonomia no meio aéreo, como as aves e os morcegos. Consequentemente, as mesmas ilhas, podem contribuir para a coexistência de espécies com distribuição mundial restrita como o cagarro (Calonectris diomedea borealis), de espécies migratórias provenientes dos continentes Americano ou Europeu, de espécies ameaçadas, ou de espécies que se encontram, nos Açores, no limite da sua distribuição geográfica mundial, como é o caso de algumas espécies de aves pertencentes aos Procellariformes.

XIII Expedição Científica do Departamento de Biologia - Flores e Corvo 2007.

Document Type Report
Language Portuguese
Contributor(s) Medeiros, Fátima; Fonseca, Amélia; Gouveia, Cátia; Nunes, Rafael; Vieira, José; Veiga, Margarida; Nóia, Marlene; Fraga, Marta
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents