Document details

Necessidades dos cuidadores de doentes com demência

Author(s): Pereira, Francisco Ferreira Moniz

Date: 2015

Persistent ID: http://hdl.handle.net/11144/1870

Origin: Camões - Repositório Institucional da Universidade Autónoma de Lisboa

Subject(s): demência; cuidadores informais; sobrecarga; exaustão; necessidades dos cuidadores; apoio ao cuidador; comunicação cuidador-cuidado; formação de cuidadores


Description

Neste trabalho é estudada uma população (n = 72) depares cuidador-cuidado, de doentes com demência, com o objectivo de conhecer necessidades associadas ao cuidar da demência, e é proposto um novo programa de apoioa cuidadores, que para além dos aspectos do stresse, considera a comunicação e a relação entre cuidador e cuidado, bem como os sentimentos de perda do cuidador. Os cuidadores são caracterizados através de informação biográfica simples, da escala de sobrecarga de Zarit, e de um questionáriode necessidades. Os cuidados são caracterizados através do Neuropsychiatric Inventory (NPI), da escala de Barthel de actividades básicas, do Índice de Lawton e Brody deactividades instrumentais, do mini mental state examination (MMS-E), e da global deterioration scale (GDS). Encontramos que a sobrecarga do cuidador aumenta com a perda de autonomia (32%), com as alterações psicológicas e comportamentais, em particular com a apatia indiferença e com o comportamento motor aberrante, e com o conjunto do NPI. A sobrecarga aumenta igualmente com o agravamento da demência quando medido pelo GDS, mas não se medido pelo MMS-E. O aumento da sobrecarga leva à percepção de maiores necessidades de apoio psicológico. O aumento do défice cognitivo leva à percepção de maiores necessidades de apoio domiciliário. O agravamento da demência leva a maiores necessidades materiais, financeiras e de adequação da residência, bem como de apoio domiciliário. A perda de autonomia leva ao aumento das necessidades materiais financeiras e de adequação da residência,bem como de apoio domiciliário. A apatia-indiferença leva a maiores necessidades de saber lidar com alterações de comportamento. Conclui-se pela necessidade dos serviços de tratamento da demência apoiarem os cuidadores e promoverem o apoio domiciliário. Conclui-se também pela necessidade de estudos que permitam conhecer melhor as necessidades dos cuidadores na comunidade, e de novos programas de apoio aos cuidadores que sejam sujeitos a avaliação. Apresenta-se uma proposta de um novo programa psico-educacional para cuidadores de doentes com demência.

Document Type Doctoral thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Hipólito, João
Contributor(s) Pereira, Francisco Ferreira Moniz
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents