Document details

O papel da família e da escola no apoio às crianças com Trissomia 21

Author(s): Sousa, Maria Mariela Camacho

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.14/11224

Origin: Veritati - Repositório Institucional da Universidade Católica Portuguesa

Subject(s): Trissomia 21; Relação família-escola; Envolvimento parental; Motivação para aprender; Trisomy 21; Family-school relation; Parental involvement; Motivation to learn


Description

A escola e a família no apoio aos alunos com trissomia 21, são as duas instituições cuja relação é nosso objeto de análise neste estudo. Estas instituições, sofreram transformações profundas, principalmente ao longo das últimas décadas, sendo mais visíveis, a partir dos finais da década de 90 com a integração dos alunos com necessidade educativas especiais nas classes regulares e com o aumento da escolaridade obrigatória (Correia, 1997). O presente trabalho aborda a problemática da relação entre a escola e a família, tendo como objetivo analisar e comparar as perceções dos pais e dos professores sobre o envolvimento dos pais na escola relativamente aos seus educandos, bem como, o interesse e a motivação para aprender do grupo de participantes com T21 neste estudo. A amostra é constituída por 30 crianças com trissomia 21. Estas crianças frequentavam o 2.º e 3.ºciclos do Ensino Básico de escolas da rede pública do distrito de Braga com idades compreendidas entre os 10 e 18 anos. Neste grupo, 14 eram rapazes e 16 raparigas. Utilizamos como instrumento de recolha de dados o questionário/ entrevista semiestruturada “Motivação para aprender em crianças com NEE” (Miranda, 2011), que foi preenchido pelos 30 alunos, e os questionário de Envolvimento Parental na Escola versão para professores (QEPE-VPr) e versão para pais (QEPE-VPa). Os resultados sobre a motivação para aprender dos nossos participantes, aponta, em termos gerais, para uma motivação muito centrada em referentes concretos, dependente das características do contexto, dos outros significativos e da tarefa. Relativamente à perceção dos professores e pais, os resultados sugerem que, tendencialmente, as perceções dos pais e professores são em muitos aspetos coincidentes, uma justificação para o facto pode ter a ver com as características da amostra ou seja, é uma amostra com crianças com T21, e conforme orientações do ministério da educação ou por condições de saúde da própria criança a proximidade entre pais e professores, será sempre superior à encontrada em famílias com crianças sem NEE e os próprios professores.

The School and the Family in the support to the pupils with Trisomy 21 are the two institutions whose relation is our object of analysis in this study. These institutions have suffered deep transformations, mainly throughout the last decades, becoming more visible from the end of the 90s, with the integration of the pupils with Special Educational Needs in the regular classrooms and with the increase of the compulsory education (Correia, 1997). The present work approaches the problematic of the relation between the School and the Family, having as a target the analysis and the comparison of the parents and teachers’ perceptions about the involvement of parents in the school concerning their students, as well as the interest and the motivation to learn of the group of participants with T21 in this study. The sample is constituted by 30 children with trisomy 21. These children attended the second and the third cycles of the Basic Education at state-run schools from the district of Braga, aged 10 to 18 years old. This group was made up of 14 boys and 16 girls. We implemented the semi structuralized questionnaire/interview “Motivation to learn in children with Special Educational Needs (SEN)” (Miranda, 2011), as the instrument to gather data, which was filled in by the 30 pupils, and the questionnaire of Parental Involvement in the School, a version for teachers (PIS-TV) and a version for parents (PIS-PV). The results on the motivation to learn of our participants, show, in general terms, a highly centered motivation in concrete referents, depending on the characteristics of the context, on the other significant or meaningful data and on the task. As for the teachers and parents’ perception, the results suggest that the parents and the teachers’ perceptions are mostly coincident in many aspects. A reason for this fact can lie on the sample features, that is to say, it is a sample with children with T21, and in agreement to the Education Ministry alignments or even according to the child’s health conditions, the proximity among parents and teachers will always be superior to the usual proximity found in families with children without Special Educational Needs (SEN) and the teachers themselves. TV= Teachers’ version PV= Parents’ version

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Miranda, Lúcia do Rosário Cerqueira de
Contributor(s) Sousa, Maria Mariela Camacho
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents