Document details

Prevalência de retenções dentárias nos utentes adultos da clínica Universitária Católica Portuguesa

Author(s): Couto, Patrícia Sofia Soares

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.14/13741

Origin: Veritati - Repositório Institucional da Universidade Católica Portuguesa

Subject(s): Retenção dentária; Ortopantomografia; Classificação de Pell e Gregory; Classificação de Winter; Clínica universitária; Dental retention; Panoramic radiography; Pell and Gregory’s classification; Winter’s classification; University clinic


Description

Introdução: São vários os autores que, desde há muito, estudam a frequência das retenções dentárias, com recurso a amplas amostras de radiografias panorâmicas. Contudo, e apesar de todos concordarem que é elevada a frequência destas retenções, não há consenso total acerca de quais os dentes mais afectados, obtendo-se um variado leque de percentagens no que concerne ao número total de retenções e ao tipo de dente retido. Objectivo: Verificar a prevalência das anomalias de erupção dentária na população da Clínica Dentária Universitária, bem como a sua caracterização. Metodologia: Realizou-se um estudo retrospectivo e observacional através da análise de 3507 radiografias panorâmicas, correspondentes aos pacientes adultos que vieram à Clínica Dentária Universitária da Universidade Católica Portuguesa de Viseu nos últimos 3 anos. Destas, seleccionaram-se todos os processos que preenchiam os critérios de inclusão e analisaram-se segundo variáveis como: género, idade, classificação de Winter, classificação de Pell e Gregory, características anatómicas das raízes e sua relação com o canal mandibular, localização e orientação, quer tridimensional quer no plano sagital, e comorbilidades associadas à retenção. Resultados: De entre os vários resultados evidenciados, podemos salientar que 16,6% da população em estudo apresenta dentes retidos; que os terceiros molares inferiores foram o grupo de dentes que se encontrou mais frequentemente retido; que a posição mais comum de retenção dos terceiros molares foi a vertical e a IIA de Pell e Gregory; que o nervo alveolar inferior se apresentava numa relação de proximidade com as raízes dos terceiros molares em cerca de 45% dos casos; que a retenção do canino por palatino é muito mais comum que a retenção por vestibular; e que são raros os casos que se encontram de transmigração. Conclusão: Apesar das limitações da ortopantomografia, esta constitui um exame de grande importância para o diagnóstico inicial e avaliação de dentes retidos, que permite obter resultados de prevalências bastante fiáveis.

Introduction: The prevalence of dental retention has been studied for a long time, relying, mainly, on large samples of panoramic radiographs. However, despite a general agreement regarding the high rate of dental retention, there is no consensus about which teeth are more affected, thus resulting in a varied range of percentages with respect to the total retentions and the type of tooth retained. Objective: The aim of this study is to determine the prevalence of teeth eruption anomalies in a population of the University’s Dental Clinic, as well as its characterization. Methodology: To accomplish this we conducted a, retrospective, observational analysis of 3507 panoramic radiographs, corresponding to the adult patients who were referred to the University Clinic of the Catholic University of Portugal in Viseu in the last 3 years. The cases that met the inclusion criteria were analyzed according to variables such as gender, age, Winter’s classification, Pell and Gregory’s classification, anatomical characteristics of roots and their relationship with the mandibular canal, three-dimensional location and orientation, location and orientation in the sagittal plane and comorbidities associated with retention. Results: Among the various results shown, we note that 16.6% of the population studied had retained teeth; the third molars were the group of teeth that were found more often retained; the most common positions of retained third molars were vertical and class IIA of Pell and Gregory; the inferior alveolar nerve is presented in close relation with the roots of the third molars in about 45% of the cases; the palatal retention of the canine is much more common than the vestibular one and the cases of transmigration are rare. Conclusion: Despite the limitations of panoramic radiography, it is an important exam for early diagnosis and evaluation of retained teeth, allowing us to determine prevalences with reliable results.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Leitão, Bruno; Mendes, Rui Amaral
Contributor(s) Couto, Patrícia Sofia Soares
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents