Document details

A variação ou~oi em Portugal continental

Author(s): Dias, Ana Paula Veloso Pratas

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10451/10138

Origin: Repositório da Universidade de Lisboa

Subject(s): Língua portuguesa - Ditongos; Língua portuguesa - Variação (Linguística); Teses de mestrado - 2013


Description

Esta dissertação estuda a variação dos ditongos decrescentes ou e oi em Portugal continental. A motivação teórica baseia-se no texto de Luís Filipe Lindley Cintra: «Os ditongos decrescentes ou e ei: esquema de um estudo sincrónico e diacrónico» (1983: 35-54). Neste texto, Cintra supõe que a área de predominância do ditongo oi em Portugal continental seja a área de passagem de [ow] a [o], e desta forma, o maior uso de oi poderá ser um esforço de “diferenciação vocálica”. A investigação, de natureza fonético-fonológica, visa delimitar as áreas linguísticas onde o ditongo [oj] tem maior uso, embora possa alternar em algumas palavras com o ditongo [ow] ou o monotongo [o] sempre em posição inicial e medial de palavra (cf. ouro ~ oiro; touro ~ toiro), como também determinar os factores linguísticos e extra-linguísticos subjacentes à variação dos ditongos e à predominância de oi em algumas áreas. Revemos os trabalhos, teorias e explicações de diversos autores sobre este tema (Leite de Vasconcelos, Paiva Bóleo, Azevedo Maia, E. B. Williams, entre outros). A orientação metodológica fundamenta-se nos princípios gerais da Geografia Linguística, tendo como material de estudo e apoio os dados do Atlas Linguístico da Península Ibérica; o Atlas Linguarum Europae; e o Atlas Linguístico-Etnográfico de Portugal e da Galiza. A partir destes foi constituído um corpus de 20 palavras integrando os ditongos [ow] e [oj], palavras obtidas a partir das respostas em formato fonético de 503 informantes, em 228 pontos de inquérito distribuídos pelos 18 distritos portugueses. Reunidos os dados fizemos, em primeiro lugar, a descrição linguística do fenómeno e a seguir prosseguimos para a sistematização, cartografagem, análise linguística e análise estatística. Por fim, comparamos os elementos apurados nesta investigação com as observações de Cintra.

ABSTRACT: This dissertation studies the variation of the falling diphthongs ou and oi in mainland Portugal. The theoretical motivation is based on a text by Luís Filipe Lindley Cintra in which the Author makes a synchronic and diachronic study of the diphthongs: «Os ditongos decrescentes ou e ei: esquema de um estudo sincrónico e diacrónico» (1983: 35-54). Cintra believes the area of predominance of [oj] in mainland Portugal to be the same as the area where [ow] becomes a monophthong [o], thus explaining its use as “vocalic differentiation”. This investigation is of phonetic and phonological nature and it aims to delimit the linguistic areas where the diphthong [oj] has more use, although it can alternate in some words with [ow] or [o] always in the initial and medial position of words (eg.: ouro ~ oiro; touro ~ toiro), as well as to determine the underlying linguistic and extra-linguistic factors of the variation and the predominance of oi in certain areas. We review the works, theories and explanations given on this matter by various authors (Leite de Vasconcelos, Paiva Bóleo, Azevedo Maia, E. B Williams, among others). The methodology is based on the general principles of Linguistic Geography, taking as study and supporting material the data of three linguistic atlases: Linguistic Atlas of the Iberian Peninsula; Atlas of the European Languages; and the Linguistic and Ethnographic Atlas of Portugal and Galicia. We created a corpus of 20 words with diphthongs [ow] and [oj], responses obtained in phonetic format from 503 informants in 228 interview points in the 18 portuguese districts. From the gathered data we made a linguistic description of the phenomenon followed by the systematization, cartography, linguistic analysis and statistical analysis. In the end we compare the elements determined in this dissertation with the observations of Cintra.

Tese de mestrado, Líguística, Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2013

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Cardeira, Esperança Maria da Cruz Marreiros
Contributor(s) Dias, Ana Paula Veloso Pratas
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents