Detalhes do Documento

Distribuição de Patella candei gomesii d’Orbigny 1839 em diferentes tipologias de habitats naturais em S. Miguel, Açores

Autor(es): Tracana, Andreia Filipa Gonçalves, 1988- cv logo 1

Data: 2013

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10451/10306

Origem: Repositório da Universidade de Lisboa

Assunto(s): Crustáceos; Patella candei; Ecossistemas aquáticos; Teses de mestrado - 2013


Descrição
Tese de mestrado. Biologia (Ciências do Mar). Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2013O intertidal é das áreas mais exploradas dos oceanos devido à sua fácil acessibilidade, diversidade ambiental, riqueza de organismos e facilidade de os observar. As condições ambientais variam de tal forma que os organismos intertidais possuem adaptações específicas para poderem viver nesse ambiente. Nos Açores, o intertidal é constituído por escarpas altas e ingremes, com praias de escoada, blocos e areia. De origem basáltica, é substrato para musgos algais, algas frondosas e crostosas e invertebrados como cracas, litorinas e lapas. P. candei gomesii é uma subespécie que só existe nos Açores e encontra-se no intertidal e no subtidal pouco profundo. Esta lapa é sujeita a uma exploração elevada podendo levar a extinção e consequentemente à dominância algal no intertidal açoriano. O objectivo do presente estudo é avaliar se existem diferenças na distribuição e no tamanho da lapa Patella candei em diferentes habitats naturais da zona intertidal (blocos e escoada lávica) da ilha de São Miguel. Procedeu-se à realização de quantificações e de medições dos organismos associados aos substratos, assim como à recolha de fotografias, posteriormente analisadas em laboratório, para a obtenção de percentagens de cobertura. Os resultados revelaram que a comunidade de ambos os habitats é dominada por musgo algal e rocha nua integrando formas crostosas, litorinas e cracas em menor abundância, com contribuições diferentes e que variam ao longo do tempo. A abundância e tamanho de P. candei variaram com o habitat, estando a menor abundância e os organismos de maior tamanho no habitat escoada.The intertidal is one of the most explored areas due to its easy access, environmental diversity and to the easily observed organisms’ richness. The environmental conditions vary a lot, therefore the organisms need specific adaptations to be able to live in such harsh conditions. The Azorean intertidal consists of high and steep cliffs with rocky platforms, cobble, boulder and few sand beaches. The basaltic substrate is covered by algal turf, canopy-forming and encrusting algae and invertebrates like barnacles, littorids and limpets. P. candei gomesii is an endemic Azorean limpet that can be found on subtidal and mid shore locations. The intense exploitation of this limpet can lead to its extinction and as a result in an algal dominance of the Azorean intertidal. The main aim of this study is to evaluate the differences in distribution and size of the limpet Patella candei in different natural habitats (boulders and rocky platforms) of the S. Miguel Island intertidal. Quantifications and measurements of organisms associated to the substrates were made, as well as the collection of photography’s, analyzed posteriorly in the laboratory, to obtain the cover percentage. In both habitats the community is mostly represented by the algal turf and bare rock with a lower abundance and isolated contributions of encrusting algae, littorids and barnacles that varied along the time. P. candei size and abundance varies with habitat, with the lower abundance and largest lengths rccorded on the rocky platforms locations.
Tipo de Documento Dissertação de Mestrado
Idioma Português
Orientador(es) Melo, Ricardo Alexandre, 1956-; Neto, Ana Isabel de Melo Azevedo
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo