Document details

Influência dos cancros ginecológicos e de mama no ajustamento conjugal

Author(s): Alves, Marta Carolina Cerqueira da Mota

Date: 2008

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10451/3154

Origin: Repositório da Universidade de Lisboa

Subject(s): Ajustamento conjugal; Cancro da mama; Cancro ginecológico; Teses de mestrado - 2008


Description

Nesta investigação pretende-se avaliar a influência dos cancros ginecológicos ou de mama no nível de ajustamento conjugal, através da percepção retrospectiva da mulher. A visão prospectiva da mulher acerca do ajustamento marital também é objectivo deste estudo. Desta amostra fizeram parte 17 mulheres com cancro ginecológico ou de mama. Estas encontravam-se em período de internamento depois da cirurgia. Foi aplicada às participantes uma tradução da Revisão da Escala de Ajustamento Diádico (Busby, Christensen, Crane & Larson, 1995) duas vezes, a primeira baseada na fase até o conhecimento do diagnóstico, e a segunda referente ao período desde o conhecimento do diagnóstico até ao pós-cirurgico. Por último, realizou-se uma entrevista semiestruturada, que visava explorar as diferenças nas respostas da Escala nos dois momentos, o apoio do companheiro na doença e a percepção futura do nível de ajustamento conjugal. Os resultados mostraram que existe um aumento no nível de ajustamento marital na fase posterior ao diagnóstico. Ainda que algumas participantes tenham afirmado a inexistência de alterações na vida conjugal depois do diagnóstico, outras manifestaram a implementação de mudanças positivas, como a aproximação do casal. Estas percepções levam a que o futuro do casal não seja uma preocupação para estas mulheres, que reconhecem a importância do apoio do marido neste processo. Apesar das dificuldades com que estes casais se deparam ao longo desta vivência, estas mulheres reconhecem a existência de aspectos positivos que decorrem da mesma.

The aim of the present study is to assess the influence of gynaecologic and breast cancer on the marital adjustment level, through a woman’s retrospective perception. The woman’s prospective perception is an additional aim of this study. Data was collected on 17 women with gynaecologic and breast cancer. These women were hospitalised, after the surgery. The participants answered a Portuguese translation of the Revised Dyadic Adjustment Scale (RDAS; Busby, Christensen, Crane, & Larson, 1995). This scale was applied twice, the first application was carried out in the period before diagnosis, and the second application took place during the phase since diagnosis knowledge up to the moment after surgery. Finally, a semi-structured interview was conducted to explore the different responses of these two moments assessed by the scale, as well as the husband’s support through the illness and the woman’s future perception of the adjustment marital level. The results indicate that there is an increase in the marital adjustment level in the post-diagnosis phase. Although some participants affirmed that there were no changes in conjugal life after diagnosis, others revealed positive changes like an increase in the couple’s closeness. These perceptions imply that these women are not concerned with the future status of their relationship and that they recognise their husband’s support through this process. In spite of the difficulties encountered by these couples living through the process of this disease, these women are able to recognise the positive outcomes that are derived from it.

Tese de mestrado integrado em Psicologia (Psicologia Clínica e da Saúde - Núcleo de Saúde e Doença), apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2008

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Fradique, Fernando Carlos Sepúlveda Afonso, 1957-
Contributor(s) Alves, Marta Carolina Cerqueira da Mota
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents