Document details

Marginália nas colecções das bibliotecas: o fundo Guilherme de Vasconcelos Abreu na Biblioteca da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Author(s): Santos, Fernanda Maria Cardoso,1971-

Date: 2010

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10451/3311

Origin: Repositório da Universidade de Lisboa

Subject(s): Abreu, Guilherme de Vasconcelos,1842-1907; Universidade de Lisboa.Faculdade de Letras.Divisão de Biblioteca; Gestão de colecções; Notas marginais; Catalogação; Teses de mestrado - 2011


Description

Partindo de um caso prático, pretende-se estudar a importância das notas marginais manuscritas nas colecções das bibliotecas e da sua descrição num catálogo bibliográfico, nos quais muitas vezes a sua existência é omitida. A introdução de notas nos livros passou a ser, com o advento da biblioteca pública, um comportamento fortemente desencorajado do ponto de vista social. No entanto, qualquer biblioteca possui marginália nas suas colecções. Apesar de serem maioritariamente vistas como uma forma de degradação da colecção, estas notas constituem muitas vezes valiosas e inexploradas fontes documentais para os investigadores,assumindo maior ou menor importância consoante o autor dessas mesmas anotações é ou não alguém prestigiado numa determinada área do saber. Contudo, a maioria das anotações existentes nas colecções das bibliotecas é de autoria desconhecida, salvo as que existem em colecções cuja pertença anterior esteja bem definida – é o caso da biblioteca de Guilherme de Vasconcelos Abreu (1842-1907), orientalista e professor do Curso Superior de Letras. Partindo de parte da biblioteca privada de Guilherme de Vasconcelos Abreu em posse da Biblioteca da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, criou-se uma tabela de descrição de marginália a partir de diversos referenciais e aplicou-se essa tabela a um conjunto de quarenta títulos seleccionados. Definiram-se igualmente quais os elementos imprescindíveis para a descrição num registo de catalogação.

This dissertation intends to study the importance of marginal manuscript notes in the collections of libraries and its description in a library catalogue, in which they are frequently omitted. The introduction of marginal notes in books was considered a highly condemned social behaviour, especially after the beginning of public libraries. However all libraries have marginalia in their collections. The majority of people consider them as a form of destroying collections, but they are most of the times valuable and unexplored sources for researchers, assuming more or less importance when their author is someone known or not in a certain field of knowledge. Nevertheless most marginal notes are from anonymous authors, excepting the ones that exist in collections which previous owner is well known –it is the case of the private library of Guilherme de Vasconcelos Abreu (1842-1907), orientalist and professor of Curso Superior de Letras. This library belongs to the Library of Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa and served us as a rehearsal of a descriptive table of marginalia, created from several references. This table was applied to a selection of forty titles that belonged to Vasconcelos Abreu which helped us to define the indispensable elements that a descriptive cataloguing should have.

Tese de mestrado, Ciências da Documentação e Informação (Biblioteconomia e Documentação),Universidade de Lisboa, Faculdade de Letras, 2011

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Dionísio, João,1967-
Contributor(s) Santos, Fernanda Maria Cardoso,1971-
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents