Document details

Perspectivas de professores de Física e Química do ensino básico sobre o uso de trabalho laboratorial

Author(s): Martins, Maria Edite da Costa

Date: 2009

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10451/5790

Origin: Repositório da Universidade de Lisboa

Subject(s): Perspectivas sobre o ensino das ciências; Pensamento dos professores; Trabalho laboratorial; trabalho laboratorial de investigação; Teses de mestrado - 2009


Description

O trabalho laboratorial é entendido como um elemento chave no ensino das ciências promovendo através da sua realização o desenvolvimento de competências indispensáveis à participação activa na sociedade actual. Este estudo pretende descrever, analisar e interpretar o que pensam os professores sobre o trabalho laboratorial e como o usam em sala de aula. Participaram no estudo três professores de Física e Química a leccionar no Ensino Básico em escolas da área da grande Lisboa. Trata-se de uma investigação qualitativa, com orientação interpretativa com abordagem ao estudo de caso. Usaram-se diversos instrumentos para recolha de dados como entrevistas, observação naturalista e documentos cedidos pelos professores. Da análise de conteúdo sobre as entrevistas emergiram diferentes perspectivas sobre trabalho laboratorial, dificuldades e potencialidades associadas ao seu uso na prática lectiva. A observação naturalista das aulas pôs em evidência o modo diferenciado como os professores implementaram o trabalho laboratorial. Os resultados revelaram situações, quer de consistência, quer de inconsistência, entre o que dizem sobre o trabalho laboratorial e como o implementam na sala de aula. As práticas dos professores revelaram-se distintas focando diferentes tipos de trabalho laboratorial como a demonstração; a ilustração/verificação da teoria; e, a investigação. A demonstração consistiu num trabalho laboratorial centrado no professor com a finalidade de ilustrar a teoria previamente leccionada. A ilustração/verificação, onde o professor concedeu maior abertura aos alunos para realizar e executar a actividade, mas com objectivo de ilustrar e verificar se a teoria e os conceitos científicos teriam sido bem adquiridos pelos alunos. A investigação, que teve por finalidade levar os alunos a colocar hipóteses, a conceber e a implementar planos para dar resposta às questões por eles identificadas. Este estudo sugere a necessidade de intervenção a nível da formação de professores de modo a levá-los a pôr em acção as ideias vinculadas pelas orientações curriculares, nomeadamente a incluir nas suas práticas actividades de investigação.

The laboratory work is a key element on science teaching and learning, promoting the development of skills indispensable to participate actively in present society. This study intended to describe, analyze and interpret what teachers think about laboratory work and how they use it in the classroom. Three Physics and Chemistry teachers, working in middle school nearby Lisbon, participated in the study. The research reported is qualitative, adopting an interpretative orientation approaching to case study. Many instruments were used for collecting data as in-depth interviews, naturalistic observation and documents. The interviews content analysis shows different teachers‟ perspectives about laboratory work, as the difficulties and potentialities associated to their use in the classroom. The naturalistic observation in classroom put in evidence different ways of using laboratory work. The results reveal situations of consistency and inconsistency between what teachers say about laboratory work and how they use in the classroom. Teachers‟ practices reveal different types of laboratory work as demonstration, illustration/verification and inquiry. Demonstration consisted on a laboratory work is centered on the teacher and has the purpose to illustrate the theory previously taught. Illustration/verification, where the teacher gave more opportunity to students to carry out the activity but with the proposal of illustrates and verifies if the theory and the scientific concepts were well learned. Inquiry, that aimed to lead the students to bring up hypotheses, conceives and implements plans that allow them to answer to the problem. The study suggests that we need to promote teachers‟ training courses to influence new approaches to science teaching, including inquiry teaching as recognized by the curricular orientations.

Tese de mestrado, Educação (Didáctica das Ciências), Universidade de Lisboa, Faculdade de Ciências, 2009

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Freire, Ana Maria, 1947-
Contributor(s) Martins, Maria Edite da Costa
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents