Document details

Influência da aplicação de estratégias de aconselhamento nutricional e comportamental na adesão a um programa de perda de peso : comparação de estratégias

Author(s): Cachão, Catarina de Oliveira e Silva Félix e, 1986-

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10451/6500

Origin: Repositório da Universidade de Lisboa

Subject(s): Adesão; Auto-monitorização; Programa de perda de peso; Substituto de refeição; Teses de mestrado - 2012


Description

A adesão aos programas de perda de peso continua a ser um desafio para os profissionais de saúde. Objectivo: Aplicar duas estratégias de aconselhamento nutricional e comportamental e avaliar o seu efeito na adesão a um programa de perda de peso. Amostra: 132 participantes (IMC 30,58 ±3,95; idade 41,73 ±11,41; 78% mulheres) divididos em 4 grupos (n=33). Intervenção: 16 semanas, dividida em 2 fases. Primeira fase (3 semanas) – apenas intervenção nutricional. Segunda fase (13 semanas) – 1) grupo controlo, 2) grupo estratégia de aconselhamento I (substitutos de refeição), 3) grupo estratégia de aconselhamento II (auto-monitorização), 4) grupo estratégia combinada (substitutos de refeição + auto-monitorização). Metodologia: medição de indicadores de adesão às 0, 3 e 16 semanas: taxa de retenção, indicadores socio-demográficos, tentativas prévias e expectativas de emagrecimento, nível de actividade-física, indicadores antropométricos (perda de peso, IMC, massa gorda, perímetro abdominal) e indicadores cognitivo-comportamentais (restrição cognitiva, desinibição, percepção de fome, auto-eficácia, índice de depressão). Resultados: as taxas de retenção finais (grupo 1 – 54,5%; grupo 2 – 42,4%; grupo 3 – 57,6%, grupo 4 – 30,4%) coincidiram com a ordem do IMC final (grupo 1 – 26,11±3,87; grupo 2 – 27,34±3,07; grupo 3 – 25,42±3,09; grupo 4 – 28,47±4,42). As características base da amostra (género, escolaridade, história dietética, expectativas, desinibição, auto-eficácia, índice de depressão), bem como as suas alterações até às 3 semanas, influenciam mais a adesão do que as estratégias de aconselhamento aplicadas a partir desse momento. Apenas o grupo 4 pareceu reverter a tendência inicial negativa do índice de depressão (ρ=0,001; η2p=0,622). No grupo 2 parece ter havido um efeito de “estagnação” nos indicadores cognitivo-comportamentais. Conclusão: A aplicação de estratégias de aconselhamento nutricional e comportamental deverá ser personalizada, de acordo com os indicadores base e a sua variação inicial, a fim de maximizar a adesão aos programas de perda de peso.

Adherence to nutritional weight loss programs remains a challenge for health professionals. Objective: To apply two strategies in nutrition and behavior counseling and assess their effect on adherence to a weight loss program. Sample: 132 participants (BMI 30.58 ± 3.95, age 41.73 ±11.41, 78% women) divided into 4 groups (n = 33). Intervention: 16 weeks, divided into two phases. First phase (3 weeks) – only nutritional intervention. Second phase (13 weeks) - 1) control group, 2) counseling strategy I (meal replacement), 3) counseling strategy II (self-monitoring), 4) combined strategy group (meal replacements + self- monitoring). Methodology: measuring adherence indicators at 0, 3 and 16 weeks: retention rate, socio-demographic indicators, previous attempts and expectations of weight loss, physical-activity level, anthropometric indicators (weight loss, BMI, body fat mass, waist circumference) and cognitive-behavioral indicators (cognitive restraint, disinhibition, perceived hunger, self-efficacy, depression index). Results: Final retention rates (group 1 – 54.5%, group 2 – 42.4%, group 3 – 57.6%, group 4 – 30.4%) coincided with the final BMI order (group 1 – 26.11 ± 3.87, group 2 – 27.34 ± 3.07, group 3 – 25.42 ± 3.09, group 4 – 28.47 ± 4.42). The basic characteristics of the sample (gender, education, dietary history, expectations, disinhibition, self-efficacy, depression index), as well as their changes up to three weeks, influenced more the adherence than the counseling strategies implemented from this time. Only group 4 appeared to reverse the negative trend of the initial depression index (p=0.001; η2p=0.622). In group 2, seems to have been a plateau effect in cognitive-behavioral indicators. Conclusion: The implementation of strategies in nutrition and behavior counseling should be personalized according to the base indicators and their initial variation, in order to maximize adherence to weight loss programs.

Tese de mestrado,Doenças Metabólicas e Comportamento Alimentar, Faculdade de Medicina, Universidade de Lisboa, 2012

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Veiga, Luísa Maria da; Carmo, Isabel do, 1940-
Contributor(s) Cachão, Catarina de Oliveira e Silva Félix e, 1986-
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents