Document details

Estudo da interacção água subterrânea/água superficial nos sistemas associados à Lagoa de Albufeira

Author(s): Duarte, Ana Sofia

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10451/9252

Origin: Repositório da Universidade de Lisboa

Subject(s): Geologia aplicada; Hidrogeologia; Teses de mestrado - 2012


Description

A Lagoa de Albufeira é uma lagoa costeira com barra de maré, de composição arenosa, que em determinadas alturas do ano separa a lagoa do mar. A margem sul da lagoa tem vindo, ao longo dos tempos, a ser ocupada por habitações, inicialmente de construção clandestina, actualmente licenciadas. O abastecimento público de água e o saneamento só foram construídos recentemente, pelo que é bastante frequente a existência de pontos de captação de águas subterrâneas nas suas propriedades. O estudo apresentado nesta dissertação teve como principal objectivo identificar as relações entre as águas subterrâneas e superficiais com a lagoa de Albufeira e as variações de fluxo e composição química das diferentes componentes do sistema hidrológico associado à lagoa. A ligação da lagoa ao mar está dependente da presença/ausência da uma barra de maré, que é removida periodicamente por meios mecânicos. Com o presente estudo, pretendeu verificar-se as influências no sistema, da dualidade barra aberta/barra fechada. Desta forma, o estudo foi dividido em duas campanhas, a primeira em condições de barra aberta (C1), coincidente com o período de verão; e uma 2ª campanha (C2) em condições de barra fechada, no período de inverno. O estudo constou da inventariação de captações de água em poços, furos, ribeiras e na própria lagoa, recolha de amostras para análise físico-química e isotópica (δ2H e δ18O) e medição pontual de níveis piezométricos em poços. Observou-se a existência de forte contaminação antrópica nas águas subterrâneas da margem sul da lagoa, revelada pela presença de nitratos e sulfatos, provavelmente associada à presença de antigas fossas sépticas ou actividade agrícola. O estudo da composição isotópica em δ2H e δ18O mostrou que as águas analisadas seguem o comportamento da recta meteórica de Portugal continental. As águas dos poços, furos e ribeiras são claramente mais empobrecidas nestes isótopos do que as da lagoa. As águas da lagoa são as mais enriquecidas em 18O e 2H, fazendo-se notar a contribuição de água do mar. Algumas águas captadas são impróprias para consumo humano por não obedecerem aos valores paramétricos estipulados pelo Decreto de Lei 206/2007, nomeadamente em relação aos parâmetros nitratos e pH. Os diagramas SAR, construídos para aferir a qualidade das águas para fins de rega, mostrou que a maioria das águas subterrâneas pode ser utilizada para este fim. A medição de níveis piezométricos em poços permitiu identificar o fluxo de água subterrânea nos aquíferos do lado sul da lagoa, com sentido para NE em direcção à lagoa. A composição da água da lagoa está fortemente dependente da ligação com o mar. Ao redor do espelho de água são facilmente identificáveis as entradas de água superficial, as quais resultam na diluição da composição da água da lagoa. A análise dos parâmetros químicos e de fluxo permitem inferir que os fluxos de água doce, subterrânea e superficial, contribuem para as variações da composição da água da lagoa e que o transporte de contaminantes é feito, essencialmente, através da água subterrânea que drena o aquífero presente junto à margem sul da lagoa, sendo o gradiente de drenagem de 1,2%.

The Albufeira Lagoon is a coastal lagoon with tide bar, sandy composition, which at certain times of the year separates the lagoon from the sea. The south bank of the pond has, over time, been occupied by households, initially illegal construction, currently licensed. The public water supply and sanitation were built only recently, that is the reason why there are often points of groundwater abstraction in their properties. The study presented in this dissertation main objective was to identify relationships between groundwater and surface water in the lagoon of Albufeira and the flow variations and chemical composition of the different components of the hydrological system associated with the pond. The connection of the sea pond is dependent on the presence / absence of a bar of tide, which is periodically removed by mechanical means. The present study aimed to verify the influences on the system, the duality open bar / closed bar. Thus, the study was divided into two campaigns, the first in terms of open bar (C1), coinciding with the summer period, and a 2nd campaign (C2) in terms of closed bar during winter. The study consisted of inventories of water abstraction from wells, boreholes, streams and the lake itself, collection of samples for physico-chemical and isotopic (δ2H and δ18O) as well as metering of piezometric levels in wells. It was observed the existence of strong anthropogenic contamination in groundwater on the southern shore of the lagoon, revealed by the presence of nitrates and sulphates, probably associated with the presence of old septic tanks or agricultural activity. The study of the isotopic composition in δ2H and δ18O showed that the analyzed waters follow the behavior of continental Portugal meteoric water line. The waters of the wells, boreholes and streams are clearly more impoverished in these isotopes than in the pond. The waters of the lagoon are the most enriched in 18O and 2H, becoming noted the contribution of the seawater. Some collected waters are unfit for human consumption by not obeying the parametric values stipulated by Decree Law 206/2007, in particular for nitrates and pH parameters. The diagrams SAR, constructed to know the quality of water for irrigation, showed that the majority of groundwater can be used for this purpose. The measurement of piezometric levels in wells identified groundwater flow in aquifers of the south side of the lagoon, with regard to NE towards the pond. The composition of the pond water is strongly dependent on the connection with the sea. Around the water mirror are easily identifiable the inputs of surface water, which results in dilution of the composition of the pond water. The analysis of chemical parameters and flow, allow us to infer that the flow of freshwater, groundwater and surface, contributes to the variations in the composition of pond water and the transport of contaminants is done, essentially, through the groundwater that drains the present aquifer along the south bank of the pond, being the drainage gradient of 1.2%.

Tese de mestrado em Geologia Aplicada, apresentada à Universidade de Lisboa, através da Faculdade de Ciências, 2012

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Fernandes, Paula Alexandra Galego, 1974-; Carvalho, Maria do Rosário da Encarnação de, 1963-
Contributor(s) Duarte, Ana Sofia
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents