Document details

Viabilidade da compostagem para a eliminação de cadáveres numa exploração de suínos

Author(s): Gomes, Maria Inês Sá

Date: 2018

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10348/8626

Origin: Repositório da UTAD

Subject(s): cadáveres; compostagem; ventilação; temperatura; custos


Description

Em Portugal, o sistema atual, a recolha de cadáveres por uma empresa certificada e posterior incineração (SIRCA), tem muitas desvantagens, existindo assim uma cada vez maior pressão exercida sobre os produtores em encontrar métodos alternativos de eliminação de cadáveres. A não transmissão de doenças entre explorações não é assegurada pelo SIRCA, dado que o veículo de recolha dos cadáveres é o mesmo para várias explorações, ocorrendo contaminação cruzada entre explorações. A compostagem é um dos sistemas disponíveis, sendo que em termos de biosegurança a transmissão de doenças entre explorações é mais controlada. Em termos teóricos, os métodos alternativos para a eliminação de cadáveres são: a maturação aeróbia (compostagem), a hidrólise alcalina, o enterramento e a incineração na própria exploração. Compostagem é o processo de decomposição biológica e de estabilização de substratos orgânicos sob condições que permitem o desenvolvimento de temperaturas termofílicas (superior a 50℃), conduzindo à libertação biológica de calor, originando um produto final estabilizado, livre de patogénicos e esporos que pode ser aplicado no solo. O ensaio visou a verificação das vantagens de introduzir um sistema de ventilação, com quatro pilhas, duas com ventilação e duas sem ventilação, dado que na legislação europeia não se encontra previsto o revolvimento do material. Desde o enchimento das câmaras até ao envio do produto final para incineração decorrem 5 meses, assim, por ano apenas há a entrada de dois veículos de recolha, que não são provenientes de outras explorações. Aquando da escolha do sistema de eliminação de cadáveres é necessário considerar os custos associados a cada um deles. O custo da compostagem neste ensaio foi de 0,87€/kg de cadáveres.

In Portugal, the current system working, for the disposal of the carcasses in farms, is made by a certified company (SIRCA) which collects them, but has many disadvantages, putting a lot of pressure onto the farmes, forcing them to find alternatives to this system. The non transmission of diseases between farms it‘s not assured by this system, since the vehicle used to collect de carcasses it’s the same for multiple farms, occurring crossed contamination between farms. One of the available systems it’s composting, which in terms of biosecurity, the transmission of diseases is more controlled. Theoretically, the alternative methods for the elimination of carcasses are: aerobic digestion (composting), alkaline hydrolysis, burial, incineration on the farm. Composting is the process of biologic decomposition and the stabilization of organic substracts, under conditions that allow the development of thermophilic temperatures (above 50℃), leading to the biological release of heat, creating a stabilized final product, pathogenic and spore free, ready to be applied on the fields. This essay aims to verify the advantages of incorporating a ventilation system, with four piles, two with ventilation and two without, considering that the european law, doesn’t predict turning the material. It takes 5 months, since the filling of the chambers, to sending the final product to incineration, and so, in a year there are two trucks to collect it, that didn’t went to other farms. When the farmers have to choose which system they want to implement in their farms, they need to evaluate the costs associated with each of them. The cost of composting in this project was 0.87€/kg of carcasses.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Monteiro, Divanildo Outor; Cardoso, Isaura
Contributor(s) Gomes, Maria Inês Sá
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents