Detalhes do Documento

O papel do professor bibliotecário : percepções e práticas

Autor(es): Santos, Cláudia Susana Vieira cv logo 1

Data: 2011

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10400.2/2042

Origem: Repositório Aberto da Universidade Aberta

Assunto(s): Sociedade da informação; Bibliotecas escolares; Professor bibliotecário; Perceção; Inovações educativas; Trabalho colaborativo; Informação/bibliotecas,papel; School library; Teacher librarian; Information society; School innovation


Descrição
Dissertação de Mestrado em Gestão da Informação e Bibliotecas EscolaresA biblioteca escolar assume actualmente um papel central na formação das crianças e jovens, contribuindo para que sejam autónomos e críticos na utilização da informação, na construção do conhecimento e na condução do seu processo de aprendizagem ao longo da vida. O professor bibliotecário, figura recentemente criada em Portugal, depara-se com um perfil funcional multifacetado e complexo, que o remete para uma posição de liderança e o posiciona como agente de inovação e mudança nas escolas. Este estudo partiu do objectivo de compreender de que forma os professores bibliotecários da área educativa do Norte percepcionam o seu papel, qual a importância que atribuem às diversas funções que lhes são atribuídas e em que medida estão a conseguir concretizá-las na prática. Para compreender a problemática em questão, procedemos à elaboração de um enquadramento teórico que, focando o perfil funcional do professor bibliotecário, as novas tendências no desenvolvimento das bibliotecas escolares e alguns estudos de percepção, serviu de base para o desenho deste projecto de investigação. Tendo optado por um estudo de carácter descritivo, utilizámos o inquérito por questionário como instrumento de recolha de dados. Confirmando as hipóteses de investigação inicialmente formuladas, concluímos que os professores bibliotecários valorizam a generalidade das suas funções, apesar de não as concretizarem na mesma medida. As discrepâncias entre percepção e prática verificam-se nas funções que implicam o trabalho colaborativo com os docentes e que envolvem competências nas novas literacias. Os dados qualitativos recolhidos reforçam a dificuldade encontrada na implementação do trabalho colaborativo, constrangimento que explica igualmente a dificuldade em desenvolver projectos envolvendo as novas literacias. Concluímos igualmente que existe uma correlação entre a capacidade de comunicação do professor bibliotecário e o grau médio de discrepância percepção/prática, o mesmo não se verificando relativamente à capacidade de liderança. Contrariamente às expectativas iniciais, a existência daquela discrepância não influencia negativamente a satisfação profissional dos professores bibliotecários.The school library currently assumes a central role in preparing students as it helps them grow into autonomous and critical users of information, builders of their own knowledge and conductors of their lifelong learning process. Teacher librarians face a multifaceted and complex set of functions, which places them in a leadership position as agents of innovation and change in schools. This study sought to understand how the teacher librarians in the North of the country perceive their functions, that is, how important they consider them and to what extent they practice them. In order to understand the problematic, we reviewed some documents concerning the teacher librarian’s professional profile, the most recent guidelines for school libraries, as well as some perception studies, theory that was the basis for designing this research project. We chose to conduct a descriptive study and used the survey for data collecting. Confirming the initial research hypothesis, we concluded that teacher librarians value most of their functions, although they do not practice them to the same extent. Discrepancies between perception and practice were found in the functions implying collaboration with classroom teachers and involving the new literacies. Qualitative data support the difficulty found in promoting collaboration with classroom teachers. This restraint also accounts for the difficulty in developing projects involving the new literacies. We also concluded that there is a correlation between the teacher librarians’ communication skills and the perception/practice discrepancy. This correlation was not found as far as leadership skills are concerned. Opposite to what was expected, the existence of that discrepancy does not influence teacher librarians’ professional satisfaction.
Tipo de Documento Dissertação de Mestrado
Idioma Português
Orientador(es) Vasconcelos, Ana Isabel
delicious logo  facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
degois logo
mendeley logo

Documentos Relacionados