Document details

A Arquitectura Religiosa Gótica em Portugal no Século XIV: o Tempo dos Experimentalismos

Author(s): Villamariz, Catarina Paula Oliveira de Matos Madureira

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10362/10112

Origin: Repositório Institucional da UNL

Subject(s): Experimentalismos; Tipologias; Ordens Religiosas; Séculos XIII-XIV


Description

Com este estudo sobre a arquitectura religiosa gótica no século XIV em Portugal pretende-se, acima de tudo, trazer para a luz e valorizar um tema que nos parece da maior importância e cujas análises até ao momento têm frequentemente relegado para segundo plano: o facto de o século XIV se apresentar com uma diversidade de tipologias arquitectónicas que leva ao questionamento da possibilidade desta centúria se afirmar como um momento de experimentação na arquitectura medieval portuguesa. Tal possibilidade marcou o ponto de partida de uma investigação centrada na tentativa de identificação, compreensão e distinção das diferentes tipologias, de forma a entender se as mesmas são herdeiras de uma arquitectura proveniente dos séculos anteriores ou se se estabelecem como modelos inovadores até então não ensaiados. Por outras palavras, tentar entender se nos encontramos ou não perante um período de experimentalismos. Paralelamente, e de forma a avaliar o verdadeiro peso desses experimentalismos, procurou definir-se se, para lá da sua existência, existe alguma tipologia "padrão" no século XIV português, uma tipologia que se possa considerar dominante e que se afirme sobre as restantes. Associado a este objectivo, surgiu-nos um terceiro: a tentativa de compreensão da importância que as diferentes ordens religiosas tiveram no desenvolvimento do gótico português, bem como o de tentar apreender de que forma a sua arquitectura se interliga. Pretendeu-se, assim, perceber se a cada ordem se pode associar uma determinada tipologia construtiva e, em caso afirmativo, se essa "tipologia de ordem" é rígida e exclusiva, se se pode considerar alguma ordem (ou ordens) religiosa como responsável por qualquer espécie de experimentalismo arquitectónico, "criando" a sua própria arquitectura ex nihilo, e até que ponto essa arquitectura extravasa para lá dela mesma e vai, ou não, influenciar construções que não pertençam a nenhuma ordem, como as igrejas paroquiais. Para a persecução destes objectivos selecionou-se um corpus arquitectónico diversificado e que permitisse uma visão abrangente da arquitectura religiosa dos séculos XIII e XIV, englobando vertentes distintas da mesma, como a arquitectura monástica e paroquial nas suas diversas tipologias ou os claustros, espaços privilegiados de experimentação.

Tese apresentada para cumprimento dos requisitos necessários à obtenção do grau de Doutor em História da Arte Medieval

Document Type Doctoral thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Villamariz, Catarina Paula Oliveira de Matos Madureira
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents