Document details

Produção de espumas 3D porosas por auto-organização de nanofibras de policaprolactona

Author(s): Rebelo, Ana Margarida Rodrigues

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10362/10876

Origin: Repositório Institucional da UNL

Subject(s): Auto-organização; Electrofiação; Espumas; Policaprolactona; Hidroxiapatite; Engenharia de tecidos


Description

A auto-organização de nanofibras em forma de favos pelo processo de electrofiação, tem mostrado enorme interesse a diferentes níveis, principalmente por superar algumas limitações encontradas nas usuais membranas não tecidas. Esta organização das fibras confere características únicas aos scaffolds, particularmente promissoras em Engenharia de Tecidos, nomeadamente em regeneração óssea ou da dentina. O empilhamento destas estruturas, proporcionado por um colector com depressões, conduz à formação estratificada de espumas 3D, que se assemelha à estrutura do osso trabecular. Neste trabalho, as estruturas foram produzidas a partir de soluções poliméricas de policaprolactona (PCL). O efeito que os parâmetros de electrofiação têm na formação dos favos foi avaliado, assim como a adição de hidroxiapatite (HAp) à solução polimérica. Utilizaram-se concentrações entre 1 e 7 % m/m de polímero e à de 7 % m/m, incorporou-se 5 e 10 % m/V de HAp. As soluções foram analisadas quanto à sua condutividade e viscosidade e as membranas, quanto à sua composição química e bioactividade. Foram realizados ensaios de compressão às espumas, tendo-se revelado o comportamento típico de um sólido celular 3D, com módulo de Young entre 6 e 9 kPa. As espumas apresentaram porosidade sensivelmente de 94 % e viabilidade celular superior a 80 %.

Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Biomédica

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Borges, João Paulo; Silva, Jorge Carvalho
Contributor(s) Rebelo, Ana Margarida Rodrigues
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents