Document details

Mapeamento do perfil metabólico cerebral em indivíduos normais e com patologias do sistema nervoso central

Author(s): Guedes, Carolina Nogueira

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10362/11077

Origin: Repositório Institucional da UNL

Subject(s): Metabolismo cerebral; PET; Retenção de 18F-DG


Description

A imagiologia através da Tomografia por Emissão de Positrões (do inglês, Positron Emission Tomography, PET) utilizando o radiofármaco 2-fluordesoxi-D-glicose (do inglês Fluorodeoxyglucose, 18F-DG) é uma das técnicas mais utilizadas na avaliação do metabolismo cerebral. Assim, desenvolveu-se um algoritmo que permite a comparação de determinada imagem a outra considerada de referência. O objectivo é avaliar e quantificar o metabolismo cerebral nas diferentes áreas corticais do cérebro. Estas são comparadas segundo uma matriz desvio padrão calculada. A amostra utilizada foi dividida em dois grupos: Grupo 1 – indivíduos que, de forma qualitativa, apresentam uma distribuição Normal de 18F-DG e Grupo 2 – indivíduos que apresentam focos de híper e hipometabolismo e defeitos regionais bem visíveis classificados pelo especialista. Foi necessário o Processamento das Imagens para que a análise fosse possível. Este realizou-se com recurso ao SPM (do inglês, Statistical Parametric Mapping). Realizaram-se essencialmente dois tipos de estudo com os grupos acima referidos. Avaliaram-se as diferenças entre os exames realizados em dois distintos momentos após a injecção (p.i) do radiofármaco (inicial e tardio, respectivamente, 30 minutos e 3 horas p.i) para alguns indivíduos em particular. Em ambos os grupos foram identificadas diferenças semelhantes: é notável o desaparecimento do fundo extracerebral e da substância branca, todavia as zonas relativas aos músculos esqueléticos tornam-se mais visíveis na imagem tardia. Foram ainda realizadas duas imagens de controlo resultantes da média dos vários indivíduos do Grupo 1, para ambos os momentos de realização do exame. A comparação entre a imagem de Controlo-Inicial e Controlo-Tardio voltou a confirmar os resultados descritos anteriormente mas de forma menos evidente devido ao menor contraste destas. A imagem de Controlo-Tardio foi ainda utilizada como imagem de referência para a análise do metabolismo cerebral nos diferentes indivíduos do Grupo 2. Esta mostrou-se assim uma técnica que permite mapear o metabolismo cerebral de 18F-DG com avaliação quantitativa voxel a voxel, permitindo a análise estatística grupo a grupo e de cada indivíduo a um grupo de normais.

Dissertação para obtenção do Grau de Mestre em Engenharia Biomédica

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Almeida, Pedro; Costa, Durval; Matela, Nuno
Contributor(s) Guedes, Carolina Nogueira
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents