Document details

A sexualidade feminina na Idade Média portuguesa - norma e transgressão

Author(s): Correia, Cristina Patrícia Costa Constantino

Date: 2017

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10362/21576

Origin: Repositório Institucional da UNL

Subject(s): Mulher, Sexualidade; Legislação; Período Medieval; Woman; Sexuality; Legislation; Middle Ages; Domínio/Área Científica::Humanidades::História e Arqueologia; Domínio/Área Científica::Humanidades::História e Arqueologia; Domínio/Área Científica::Humanidades::História e Arqueologia


Description

Esta dissertação, intitulada A sexualidade feminina na Idade Média- norma e transgressão, visa entender alguns aspetos da sexualidade feminina e a forma como a mesma é preconizada pela sociedade e pelas normas legislativas patentes, nomeadamente no Livro das Leis e Posturas, n’As Ordenações de D. Duarte e n’As Ordenações Afonsinas. Com o objetivo de contextualizar o objeto em estudo, começa-se por fazer um enquadramento da temática, tentando-se entender a relação que a mulher tinha com o seu corpo e com a sua própria sexualidade. No capítulo inicial exploram-se também as diferentes conceções acerca desta temática. Assim, é analisada a doutrina da Igreja; a legislação sobre questões de cariz sexual e por fim a sexualidade na poesia trovadoresca. No capítulo II é observada a norma dos comportamentos sexuais; ou seja, a sexualidade no casamento. Neste capítulo é investigado o conceito de casamento, os diferentes tipos de casamento e de que forma a Igreja influenciava e tentava regulamentar o mesmo. Por fim, no capítulo III é tratada a transgressão, nomeadamente a prostituição, o adultério e a barregania. Neste último capítulo são analisadas diversas peças legislativas da época, de forma a entender-se qual a posição socialmente adotada perante os comportamentos considerados transgressores e ainda como os mesmos eram tratados a nível legal designadamente nas fontes legislativas já referidas.

This dissertation, titled A sexualidade feminina na Idade Média- norma e transgressão, sets out to understand some specific aspects of the feminine sexuality and the way it is perceived by society as well as in the ruling body of laws enacted at the time, namely in the Livro das Leis e Posturas, n’As Ordenações de D. Duarte and n’As Ordenações Afonsinas. With the purpose of contextualising the study, the starting point is an outline of the topic to try to understand the tripartite relationship held between woman, body and sexuality. The first chapter also explores the different approaches to the topic. Thus, a thorough analysis of the Church’s doctrine and the legislation of sexual affairs is made. In a similar fashion, insights on how sexuality was displayed in medieval Portuguese lyrics is offered. The second chapter discusses the norm of sexual behaviour, i.e. how sexuality is appraised within marriage. This section has its focus on marriage – how is marriage defined, what type of marriages existed during the Middle Ages and how did Church try to influence and regulate marriage. Finally, chapter three examines transgression, specifically cases of prostitution, adultery and barregania. This last section surveys in-depth the aforementioned ruling body of laws enacted at the time, aiming at understanding which was the socially held stance towards acts of transgression as well as highlighting the legal framework of such acts.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Sousa, Bernardo Vasconcelos e
Contributor(s) Correia, Cristina Patrícia Costa Constantino
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents