Document details

Avaliação da actividade biológica de extractos de diferentes espécies de microalgas

Author(s): Soares, Fernando José Afonso Sentinha

Date: 2011

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.1/3258

Origin: Sapientia - Universidade do Algarve

Subject(s): Microalgas; Antioxidantes; Cancro


Description

A nossa sociedade enfrenta diversas dificuldades devido ao aparecimento e/ou agravamento de várias doenças ao longo do tempo, o que conduz à crescente necessidade de pesquisa de novos compostos biológicos de origem natural com aplicações biomédicas. As microalgas são reconhecidas como uma potencial fonte de produtos com interesse comercial para a aquacultura, indústria farmacêutica e cosmética. Neste contexto, este estudo teve como objectivo avaliar a actividade biológica de diferentes extractos de espécies de microalgas (Botryococcus braunii, Isochrysis galbana T-ISO, Nannochloropsis oculata, Tetraselmis sp. e Scenedesmus sp.), nomeadamente actividade antioxidante (DPPH e ABTS), actividade antitumoral (MTT) in vitro na linha celular tumoral do hepatocarcinona humano HepG2, actividade neuroprotectora através da avaliação da capacidade inibitória da enzima AChE e a actividade quelante do Fe2+ e Cu2+. O extracto de acetona da espécie I. galbana T-ISO apresentou maior actividade antioxidante segundo o método de DPPH (IC50=1,90 mg/mL). As espécies com maior impacto ao nível da redução da viabilidade celular da linha tumoral HepG2 foram as seguintes: I. galbana T-ISO (acetona: IC50=81,3 μg/mL; IS=3,15; éter: IC50=114,03 μg/mL; IS=2,06), Tetraselmis sp. (hexano; IC50=58,25 μg/mL; IS=1,48) e Scenedesmus sp. (hexano; IC50=93,17 μg/mL: IS=1,10). O extracto de acetona da espécie B. braunii apresentou a maior actividade inibitória da AChE (IC50= 0,05 mg/mL). Os extractos de hexano das espécies N. oculata (IC50= 0,70 mg/mL) e Scenedesmus sp. (IC50= 0,73 mg/mL) apresentaram os valores mais elevados de actividade quelante contra o Fe2+. Por outro lado, os extractos de hexano das espécies I. galbana T-ISO (IC50 = 0,90 mg/mL) e Scenedesmus sp. (IC50 = 0,91 mg/mL) apresentaram os valores mais elevados de actividade quelante contra o Cu2+. A I. galbana T-ISO revelou ser a espécie mais promissora em termos de compostos com actividades biológicas, portanto será importante avaliar que tipos de compostos são responsáveis por esta elevada bioactividade em estudos futuros.

Dissertação de mest., Biologia Marinha (Biotecnologia Marinha), Faculdade de Ciências e Tecnologia, Univ. do Algarve, 2011

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Varela, J.; Custódio, Luísa Margarida Batista
Contributor(s) Soares, Fernando José Afonso Sentinha
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents