Document details

Estudo do comportamento biológico de biomaterial xenogénico em defeito ósseo crítico

Author(s): Campos, Lilian Souza

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.1/5338

Origin: Sapientia - Universidade do Algarve

Subject(s): Ciências biomédicas; Bioengenharia; Ossos; Doenças dos ossos; Enxertos; Regeneração


Description

Dentre as várias opções de biomateriais para a regeneração óssea, os de origem xenogénica são considerados como uma das alternativas ao autoenxerto, devido às suas propriedades biológicas e físico-químicas, além da grande disponibilidade, e de seu uso contribuir com a diminuição da morbilidade ao indivíduo. Vários autores consideram o BioOss®, uma hidroxiapatite bovina, como padrão de excelencia entre os biomateriais de substituição óssea independentemente de sua forma ser macro ou microgranular, apesar do tamanho da partícula ser também um fator importante nas reações tissulares envolvidas na neoformação óssea. O presente estudo teve como objetivo verificar o comportamento biológico de BioOss® na forma microgranular, com partículas entre 0,25 a 1,00 mm e 0,4 a 0,6 mm, implantadas em defeito ósseo crítico nos grupos GB e GBS, respectivamente, e analisados comparativamente a um controlo negativo, GC, com defeito preenchido apenas por coágulo sanguíneo, avaliados nos pontos biológicos de 15 e 45 dias. Como resultados, no grupo GC, ocorreu neoformação óssea reacional restrita às bordas e presença de tecido fibroso na área do defeito. Nos grupos GB e GBS, observou-se mínima reação inflamatória, abundante angiogênese e alguma osteogênese, além das bordas, ao longo do defeito, em continuidade à dura-máter. Como conclusão, o BioOss® foi biocompatível, promoveu osteogênese por osteocondução e integrou-se parcialmente ao osso neoformado, com melhores resultados para o grupo GBS.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Rosa, Fabiana Paim; Silva, Gabriela
Contributor(s) Campos, Lilian Souza
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo