Document details

Convergência jornalística : o caso das reportagens Visão Portugal

Author(s): Sousa, Jorge Emanuel da Costa Bento

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.6/1580

Origin: uBibliorum

Subject(s): Jornalismo - Digitalização - Internet; Jornalismo - Produção noticiosa; Jornalismo - Crossmedia; Jornalismo - Transmedia; Web - Jornalismo


Description

Este trabalho estuda a forma como a produção de conteúdos noticiosos se tem vindo a alterar ao longo dos últimos anos em consequência das transformações ocorridas no campo do jornalismo. Com a digitalização e a chegada da internet nas redações muita coisa mudou. Estas transformações não dizem respeito exclusivamente aos conteúdos e à tecnologia, mas também à forma como os profissionais da área trabalham, como as empresas se organizam e como o público procura, cada vez mais, ser parte integrante de todo o processo. Conceitos como o de transmedia, crossmedia, convergência, mediamorfose e remediação assumiram um lugar central nos estudos em comunicação como consequência dos processos em curso nas redações. Nesta dissertação abordam-se estes conceitos, explorando particularmente um deles: o de convergência. Para isso são descritos os processos de produção noticiosa nos diferentes meios (imprensa, televisão, rádio e web) para de seguida se estudar um exemplo prático de convergência: as reportagens Visão Portugal. Através de entrevistas e análise de conteúdo procura-se entender de que forma os processos de convergência, nas suas distintas dimensões, têm vindo a ser implementados e como alteram todo o modo de se produzir informação. Os resultados parecem indicar que os níveis de convergência são bastante reduzidos, nas suas mais variadas dimensões. Um mesmo jornalista não consegue produzir conteúdos, com qualidade, para mais que um meio em simultâneo. Os conteúdos produzidos são apenas adaptados ao meio em que são transmitidos e não procuram fazer uso de narrativas transmedia: são exemplo de conteúdos crossmedia. Os comentários do público nas redes sociais e nas plataformas digitais dos media não são valorizados pelos jornalistas e a web continua a ser usada como um simples meio de divulgação dos conteúdos produzidos para os meios principais. Por isso, aos olhos dos jornalistas dos meios tradicionais o trabalho dos webjornalistas é considerado como inferior e de menor importância. Ao nível empresarial também fica a ideia de que estas reportagens não foram uma mais-valia financeira para o grupo Impresa.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Sousa, Jorge Emanuel da Costa Bento
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents