Document details

Ensinar o léxico espanhol a aprendentes de língua materna portuguesa: proposta metodológica para o ensino de Espanhol língua estrangeira

Author(s): Gaspar, Ricardo Miguel Duarte

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.6/1840

Origin: uBibliorum

Subject(s): Língua espanhola; Ensino-aprendizagem


Description

Com o presente estudo, investiga-se o ensino do léxico espanhol, como língua estrangeira, a alunos de língua materna portuguesa e propõem-se linhas específicas de atuação metodológica. Neste contexto, o processo de ensino-aprendizagem é analisado de acordo com a bidimensionalidade que o caracteriza: por um lado, a transmissão de saberes e, por outro, a correspondente aprendizagem. O docente é considerado um agente ativo, com tarefas didáticas bem definidas e fundamentais ao progresso da competência comunicativa do aprendente; este, à semelhança do professor, também é visto como um elemento dinâmico, que adota uma postura didática responsável, autónoma e interventiva no seu percurso de aprendizagem lexical. Inicialmente, parte-se de uma indagação histórico-metodológica referente ao ensino de segundas línguas, evidenciando a evolução de diversas condutas pedagógicas. Em seguida, apresentam-se teorias e modelos de aprendizagem e aquisição de idiomas, através dos quais, é bem visível um conjunto de interpretações e propostas, que visam explicar a complexidade do fenómeno linguístico. Entre elas, destacam-se algumas contribuições no âmbito da Psicolinguística, que analisam o processamento da linguagem, em geral, e das segundas línguas, em particular, fazendo referência a certos mecanismos, métodos e estratégias. Posteriormente, é realizada a fundamentação teórica e metodológica do processo de ensino-aprendizagem da língua espanhola, enquanto idioma não materno. Numa primeira parte, analisa-se a competência semântico-lexical, e o seu valor na didática das línguas, e examinam-se duas Abordagens para o ensino do vocabulário: a Comunicativa e a Lexical. Com base nestas Perspetivas, procede-se à explanação de determinados conceitos linguísticos e condutas aplicadas ao ensino do vocabulário. Num segundo momento, faz-se referência às características metodológicas inerentes ao estudo do léxico, destacando propostas e modelos didáticos, orientadores do processo de ensino-aprendizagem do vocabulário. Ao ter em consideração os pressupostos teórico-práticos supramencionados, apresenta-se uma sugestão metodológica, que visa auxiliar o trabalho do professor e desenvolver a competência comunicativa do aluno. Quer a estrutura esquemático-organizacional, quer a natureza teórica, que a conforma, atendem, em especial, à realidade didática experienciada pelo docente de espanhol, como língua estrangeira, e pelo aprendente, ambos falantes de língua materna portuguesa. Daí que seja concedida uma notável relevância às semelhanças entre a sua língua nativa e o idioma ensinado e aprendido. Na origem da proposta didática em causa, está a consciência da utilidade e preponderância que uma conduta metodológica (adequada) representa para o processo de ensino-aprendizagem do léxico. O facto de cada um dos elementos – professor e aluno - ter ao seu dispor orientações que o levem a adotar técnicas coerentes e objetivas e estratégias profícuas constitui um apoio de extrema importância tanto para ensinar, como para aprender as unidades lexicais. Através deste auxílio pedagógico, é mais fácil desenvolver atuações pedagógicas flexíveis, dinâmicas e eficazes, que conduzam ao esperado aperfeiçoamento da habilidade linguística.

Document Type Doctoral thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Osório, Paulo José Tente da Rocha Santos; Sardinha, Maria da Graça Guilherme de Almeida
Contributor(s) Gaspar, Ricardo Miguel Duarte
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo