Document details

Variáveis psicossociais e resiliência em jovens institucionalizados

Author(s): Caldas, Ana Sofia Fonseca

Date: 2010

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.6/2587

Origin: uBibliorum

Subject(s): Adolescentes institucionalizados; Centro de acolhimento


Description

Resumo: o ambiente institucional pode ter implicações quer no desenvolvimento do auto-conceito, quer na resiliência e consequentes estratégias de coping dos adolescentes acolhidos. Os adolescentes institucionalizados, tendo em conta a fase desenvolvimental na qual se encontram, com os seus desafios e novas experiencias a desabrochar, surgem assim como uma população de risco no desenvolvimento de estratégias de coping desajustadas, ou memo baixo auto-conceito. A presente investigação tem, como objectivo proporcionar uma visão mais aprofundada sobre a relação entre resiliência e auto-conceito, numa amostra de adolescentes de ambos os sexos e de idades compreendidas entre os 12 e os 19 anos de idade, acolhidos em três instituições situadas no perímetro urbano da cidade da Guarda. Para tal, foram reunidos dados qualitativos com a aplicação de três questionários, um questionário sócio-demográfico, cujo objectivo foi recolher o máximo de informação desta amostra, a Escala Toulousiana de Coping e a Escala de Auto-Conceito de Piers-Harris. A análise estatística revela apenas marginalmente o que era esperado.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Loureiro, Manuel Joaquim da Silva
Contributor(s) Caldas, Ana Sofia Fonseca
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents