Document details

Avaliação do teste Stroop Emocional para o Screening de risco suicida TSESRS como medida de ideação suicida

Author(s): Marques, Andreia Filipa da Silva

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.6/2609

Origin: uBibliorum

Subject(s): Ideação suicida; Teste de Stroop


Description

Atualmente, as teorias cognitivas conferem um papel importante ao processo atencional quando tentam explicar o surgimento de problemas psicopatológicos, evidenciando a forte influência que os processos emocionais exercem sobre os processos cognitivos em determinadas tarefas, nas quais o processamento da informação se caraterizaria por ser dissociador. O suicídio é problemática atual, sendo um dos fenómenos psicológicos mais potencialmente fatais. São escassos os estudos que avaliem a ideação suicida e consequentemente o risco de suicídio, através de um instrumento de Stroop Emocional. Este estudo pretende desenvolver procedimentos metodológicos, no sentido de contribuir para a avaliação do Teste Stroop Emocional para a deteção do risco de suicídio (TSESRS) (Damasceno & Esgalhado, 2011), como medida de ideação suicida. Utilizam-se o TSESRS, o Questionário de Ideação Suicida (QIS) (Ferreira & Castela, 1999) e o Inventário de Depressão de Beck. A amostra é constituída por 100 sujeitos, 50 sujeitos normativos e 50 sujeitos clínicos, aos quais correspondem o grupo com baixa e elevada ideação suicida, com uma média etária de 32 anos. Verificam-se diferenças estatisticamente significativas nas palavras neutras entre sujeitos com baixa ideação suicida (M=60.84) e os sujeitos com elevada ideação suicida (M=51.56); o mesmo acontece com as palavras positivas, onde a diferença é também significativa entre sujeitos com baixa (M=64.34) e os com elevada ideação suicida (M=48.60). Também na lâmina de palavras negativas verifica-se uma média superior nos sujeitos com baixa ideação suicida (M=66.32) relativamente aos sujeitos com elevada ideação suicida (M=45.86). No que concerne ao grau de associação entre a pontuação na Lâmina 3 do TSERS e o nível de ideação suicida verifica-se uma correlação negativa forte e estatisticamente significativa (r= -840; p< 0.001). Estes resultados evidenciam a potencialidade deste estudo, que sugere que o TSERS pode ser utilizado na detecção de sintomas de ideação suicida.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Esgalhado, Maria da Graça Proença
Contributor(s) Marques, Andreia Filipa da Silva
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents