Document details

Aspetos psicológicos, estilo alimentar e satisfação corporal em dois grupos participantes do programa peso, a decorrer no CHCB

Author(s): Azevedo, Ana Luísa Medeiros de

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.6/2721

Origin: uBibliorum

Subject(s): Comportamento alimenta; Excesso de peso


Description

Esta investigação tem como objetivo primordial o estudo da relação entre fatores de Funcionamento Psicológico e Personalidade, Estilo Alimentar e Imagem/Satisfação corporal em participantes com excesso de peso e obesidade do Programa Comportamental PESO a decorrer no Centro Hospitalar Cova da Beira. Assim, seguiu um desenho descritivo de uma amostra não probabilística por conveniência, onde a população alvo, composta por 43 participantes, com uma relação entre peso/altura superior a 25 (Excesso de Peso). Para além do questionário sociodemográfico, os instrumentos utilizados foram: o Mini–Mult (versão reduzida do Minnesota Multiphasic Personality Inventory– MMPI); o Questionário Holandês do Comportamento Alimentar (DEBQ); Escala de Autoeficácia Geral Percebida (GSE) e a Escala de Silhuetas de Stunkard et. al (1983) (Avaliação e Satisfação Corporal). De salientar que através da aplicação do inventário Mini-Mult, e no que concerne às pontuações médias nas escalas que o englobam, as Escalas de Paranoia (M=48,86), Depressão (M=59,40), e Esquizofrenia (M=48,86) são as que assumem pontuações mais elevadas. De entre a percentagem de indivíduos que assume pontuações ao nível patológico para cada escala deste instrumento verifica-se que: 27,91% dos participantes pontuam a um nível patológico na escala de depressão, 55, 81% na de Paranoia e 18,60% na escala de Esquizofrenia. Devido à assimetria de participantes em relação ao género, não se verificaram diferenças significativas entre a associação de género e Estilo Alimentar. Independentemente do nível de idade, todos os participantes apresentaram uma dominância no Estilo Alimentar Emocional. Na literatura é referido que o estilo alimentar externo e emocional estão altamente relacionadas entre si, pelo que se verificou uma associação estatisticamente significativa entre os mesmos na presente amostra (r=0,655, p<0,001). A Autoeficácia Geral Percebida pelos participantes (M=30,79) assume pontuações elevadas, não se verificando associação significativa entre as pontuações nestas escala com Experiências prévias negativas com dietas, Existência de problemas significativos e Grau de Insatisfação corporal. Todos os participantes do programa se encontram insatisfeitos com o estado atual do seu corpo, não se tendo verificado que tal estivesse relacionado com fatores como idade, níveis de autoeficácia e funcionamento psicológico, apesar da associação estatisticamente significativa encontrada entre Grau de Insatisfação Corporal e a escala de Histeria do Mini- Mult acabando por não se depositar muita consideração pela desigualdade de participantes entre o grupo com pontuações a um nível patológico e não patológico (p=0,007).

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Loureiro, Manuel Joaquim da Silva
Contributor(s) Azevedo, Ana Luísa Medeiros de
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents