Document details

Educação para o empreendedorismo: intenções empreendedoras dos estudantes do ensino secundário

Author(s): Rocha, Andreia

Date: 2012

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.6/2943

Origin: uBibliorum

Subject(s): Empreendedorismo - Perfil empreendedor; Empreendedorismo - Educação


Description

Face à importância que o espírito empreendedor tem na sociedade, torna-se importante desenvolver atividades que promovam esse mesmo espírito junto dos jovens de hoje. Desta maneira, a educação para o empreendedorismo têm-se tornado num tema oportuno e atual. Neste momento, ainda nem tudo o que devia ser feito nas escolas portuguesas, de forma a promover o empreendedorismo junto dos estudantes, é feito, no entanto, muitos desenvolvimentos têm-se dado nesta área, dado o número elevado de programas de atividades direcionados para o empreendedorismo, desenvolvidos por diversas entidades privadas. Assim, torna-se fundamental analisar qual o efeito que estas atividades têm no desenvolvimento de um perfil empreendedor dos estudantes. O objetivo da presente investigação consiste em analisar qual o efeito que as atividades de empreendedorismo, em âmbito escolar, têm no desenvolvimento de um perfil empreendedor dos estudantes e saber se estas mesmas atividades influenciavam as suas intenções empreendedoras futuras. Desta forma, desenvolveu-se um suporte teórico sobre a temática do empreendedorismo e da educação para o empreendedorismo e, procurou-se corroborar com um suporte empírico, que consistiu na implementação de um programa de “Empreendedorismo na Escola”, para estudantes do ensino secundário. Para testar empiricamente as hipóteses formuladas recorreu-se ao uso de dados primários, através da elaboração de um questionário de forma a se estudar as intenções empreendedoras dos estudantes do ensino secundário. Este questionário foi realizado em dois momentos diferentes: o primeiro antes do início das atividades, de forma a se avaliar o posicionamento inicial dos estudantes, assim como, os seus objetivos e desejos e, o segundo momento correspondeu com o final das atividades onde se procurou analisar que variáveis influenciam o perfil empreendedor e as intenções empreendedoras dos estudantes. Aplicados os métodos de análise fatorial e o modelo de regressão logística, concluiu-se que, nesta investigação, variáveis como o incentivo dado pelos agentes escolares, a participação em atividades extracurriculares, e o desejo de prosseguir estudos influenciam as intenções empreendedoras dos estudantes. Quanto ao perfil empreendedor dos estudantes, concluiu-se que os estudantes que têm uma maior capacidade de criação e concretização de projetos empreendedores e, vontade de vencer, têm uma maior propensão para criarem o próprio negócio. Esta investigação foi construída em quatro capítulos principais, o primeiro é a construção teórica do tema do empreendedorismo e da educação para o empreendedorismo. No segundo capítulo, está descrita toda a metodologia aplicada (desde a descrição do questionário aplicado até à identificação das hipóteses de investigação); o terceiro capítulo corresponde á apresentação e análise de dados resultantes do modelo de regressão logística construído e, finalmente, são apresentadas as considerações finais das questões mais relevantes discutidas ao longo desta investigação.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Madeira, Maria José Aguilar
Contributor(s) Rocha, Andreia
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo