Document details

Modelo material à semelhança para teste do design no tempo, no espaço e na biologia

Author(s): Abreu, Diamantino dos Santos Diniz de

Date: 2016

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.6/4187

Origin: uBibliorum

Subject(s): Design; Semelhança; Modelo Material Tridimensional; Redes de Semelhança; Teste físico; Domínio/Área Científica::Engenharia e Tecnologia::Outras Engenharias e Tecnologias; Domínio/Área Científica::Engenharia e Tecnologia::Outras Engenharias e Tecnologias; Domínio/Área Científica::Engenharia e Tecnologia::Outras Engenharias e Tecnologias


Description

Pelo projeto de design, transformamos essências em existências, resultando do seu processo descrições das dimensões dos sistemas projetados. Pelos Modelos Materiais Tridimensionais, enquanto descrições tangíveis e em semelhança do Projeto, construídos por métodos em que a prática e a aplicação de técnicas desenvolvidas na ação são privilegiadas, testamos fisicamente as múltiplas dimensões do Design. O desempenho dos Modelos Materiais Tridimensionais desenvolvidos segundo as regras de semelhança é já conhecido e suportado por considerável investigação, sendo na nossa visão fulcral o seu papel, na eficácia do projeto de design, ao permitirem a validação e teste em semelhança de múltiplas dimensões de sistemas de design. Verificamos no entanto diversos percursos de design, certas opções e decisões de projeto, impossíveis de sustentar nas mesmas regras de semelhança, conforme as noções e especificações instituídas noutras ciências que as utilizam. Sabemos pela experiência e face às evidências que a semelhança é fator transversal ao Projeto e por isso mesmo, também ao Design. Estamos convictos que construímos Modelos Materiais Tridimensionais para testar em semelhança Design! Desta forma, face à evidente aplicação da noção de semelhança no Design, e à evidente não conformidade da sua aplicação com as instituídas regras de semelhança, justificamos a existência e utilização de Regras de Semelhança de Design, próprias deste e segundo as quais, construímos em Rede de Semelhanças os Modelos Materiais Tridimensionais à Semelhança com que antecipamos e testamos fisicamente as dimensões dos Sistemas de Design que projetamos. Esta nova abordagem à ação em Rede para o teste dos Sistemas de Design segundo as Regras de Semelhança de Design requer reflexão, teorização e sistematização ao nível das noções e procedimentos com que as conjugamos no projeto para que, enquadrando-as numa Teoria Geral possam com simplicidade e rigor ser aplicadas, contribuindo assim para a resolução eficaz de problemas de Design.

Through the process of design projects, we turn essences into concreteness. Its process's result is the description of the projected system's dimensions. Through 3D material models, considered as tangible descriptions and similitude models of the project, built by methods in which the practices and the application of techniques developed in action are paramount, we make Design's multiple dimensions go through physical testing. The performance of 3D material models, developed according to similitude rules, is already something well-known and bolstered by substantial research. In our view, this method has a crucial role in the efficiency of the design project, for it allows testing and validation in the similitude of the designed system's multiple dimensions. However, we have come across several design methodologies, as well as a number of choices and project decisions that cannot be sustained according to the same similitude rules, in accordance to the notions and specifications that have been sustained in other science branches that use it. We know from experience, as well as under the light of evidence, that similitude is a shared factor through any Project, and for that matter, in Design itself. We believe that the 3D material models we create are serviceable for any Design similitude testing! Therefore, before the positive results of the application of the notion of similitude in Design, as well as the evident non-conformity of its application within the sustained rules of similitude, we want to reassert the existence and the applicability of the Rules of Similitude appropriated to Design. According to these rules, we have built Similitude 3D Material Models in a Similitude Network through which we can predict and perform physical testing on any dimension of the projected Design Systems. This new approach to Networking action (i.e., a Design System testing according to the Rules of Similitude in Design) requires reflection, theory and systematization at the level of the notions and the procedures articulated within the project phase. As they are thought of within a General Theory framework, they become applicable in any project with both rigour and simplicity. We believe that this will lead to an effective resolution of a number of Design problems.

Document Type Doctoral thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Rodrigues, Fernando Carvalho; Devezas, Tessaleno Campos
Contributor(s) Abreu, Diamantino dos Santos Diniz de
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents