Document details

Oximetria de pulso na urgência :

Author(s): Cabanelas, Miguel Gonçalo Heitor

Date: 2010

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.6/756

Origin: uBibliorum

Subject(s): Oximetria de pulso; Oximetria de pulso - Função respiratória - Monitorização; Oximetria de pulso - Mortalidade


Description

Introdução A oximetria de pulso sendo um método simples, fiável e não invasivo é de extrema utilidade para avaliar a função respiratória em monitorização contínua de um doente. É nesse sentido que se considerou importante estudar a relação global da SaO2 de admissão na UG do CHCB com a mortalidade desses doentes, quer na UG quer no internamento hospitalar, e se essa primeira SaO2 aferida é relevante para se hospitalizar o doente e para a duração desse mesmo internamento. Metodologia O estudo, transversal analítico, teve como população os utentes do CHCB, sendo a amostra composta pelo utentes que tiveram uma medição de SaO2 por oximetria de pulso na UG, desde 1 de Janeiro a 31 de Março de 2010. Foram consideradas as variáveis universais “Idade” e “Sexo”, e as restantes em estudo foram a “SaO2” obtida na UG, a “Cor” segundo o STM, a “Hospitalização”, a “Duração do Internamento” e “Mortalidade”, da UG, internamento e total. Utilizou-se o teste do qui-quadrado de Pearson e o teste exacto de Fisher, e calcularam-se as odds ratios para as relações estudadas que tiveram significância inferior ao limite considerado, que foi de 5%. Resultados Os episódios de urgência relativos ao período em estudo com medição de SaO2 foram 2341, com idade média de 62,76±21,52 anos e 52,4% referentes a mulheres. A média da SaO2 foi de 94,77±4,83%. Faleceram na UG 16 doentes (0,7%). Internaram-se 540 dos episódios (23,1%), dos quais faleceram 67 (12,4%), falecendo no total 83 doentes (3,5%). A duração média de internamento foi de 11,85±9,19 dias. Discussão Com este estudo verificou-se que a SaO2 obtida pela oximetria de pulso na UG do CHCB constitui um importante factor preditivo para internamento hospitalar, tendo os doentes com saturações inferiores a 95%, maior probabilidade de serem internado e maior probabilidade de falecerem na UG ou no início do internamento.

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Contributor(s) Cabanelas, Miguel Gonçalo Heitor
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents