Document details

Determinants of cash holdings on start-ups

Author(s): Duarte, Maria Rita de Almeida Fernandes Valentim

Date: 2013

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.5/11411

Origin: Repositório da UTL

Subject(s): Cash holdings; Start-Ups; Cash determinants; Trade-off Theory; Pecking Order Theory; Free Cash Flow Theory


Description

Este estudo tem como objectivo analisar os determinantes da gestão de tesouraria, bem como as suas implicações ao nível das start-ups portuguesas. Recorrendo a uma base de dados que conjuga informação financeira com dados sobre empregado-empregador, para o período entre 2004 e 2009, ficando com uma amostra de 15,693 observações. Ao contrário de estudos anteriores, avaliámos a importância que a gestão de tesouraria assume nas start-ups, examinando como as características educacionais e demográficas dos fundadores estão associadas à sua gestão. Em termos da metodologia, iremos recorrer a uma análise Tobit, onde controlamos a nossa estimação através do ano de referência, industria e NUTS. É possível observar que a gestão de tesouraria nas start-ups é afectada positivamente pelas oportunidades de investimento, dívida de longo prazo e caracteristicas sócio-demográficas e educacionais do fundador. Por outro lado, a gestão de tesouraria nas star-ups é negativamente afectado pela dimensão, activos líquidos e dívida bancária. Para a análise ao nível das NUTS, é possível observar que as região de Lisboa, Centro e Açores apresentam as mesmas caracteristicas. Ao nível da análise por industria, temos que, a dimensão, os activos liquídos e a estrutura da dívida das start-ups está negativamente relacionado com a gestão de tesouraria. Para as caracteristicas do fundador, os níveis educacionais abaixo do nível educacional mais elevado apresentam um impacto negativo na gestão de tesouraria das start-ups. Podemos esperar que o Pecking Order, e a teoria do Trade-off, expliquem os determinantes da gestão de tesouraria das start-ups.

The purpose of this study is to examine the determinants and the implications of cash holding on start-ups for a sample of Portuguese firms. We use a database that combines firm-level financial data with a matched employer-employee database, for the period between 2004 and 2009, presenting a sample of 15,693 observations. Unlike previous studies, we examine which start-ups and founders' educational and social-demographic characteristics are more likely to be associated with cash holdings. In terms of methodology, it is conducted a Tobit analysis where we control for year, industry and NUTS in the estimation of our model. It is possible to observe that start-ups cash holding levels are positively affected by investment opportunities, long term debt and founder's characteristics and the contrary for start-ups size, liquid assets substitutes and bank debt. When analyzing by NUTS, it is possible to see that the regions of Lisbon, Center and Azores present the same characteristics. Finally, at the industry level: size, liquid assets and debt maturity structure are negatively related with cash holdings across industries. While for founder's characteristics, the educational levels below the higher level of education have a negative impact over start-ups cash holding levels. We can conclude that the Trade-off Theory and the Pecking Order Theory are the ones that play the most important role in explaining the determinants of Portuguese firm's cash holdings.

Mestrado em Finanças

Document Type Master thesis
Language English
Advisor(s) Venâncio, Ana
Contributor(s) Duarte, Maria Rita de Almeida Fernandes Valentim
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents