Document details

Causalidade entre o crescimento económico, a emissão de CO2 e o consumo de energias renováveis em Portugal

Author(s): Amador, Tomás Alves

Date: 2015

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.5/12003

Origin: Repositório da UTL

Subject(s): Ambiente; CO2; Causalidade; Granger; Portugal; Environment; Causality


Description

As questões ambientais constituem hoje em dia uma forte preocupação por parte da sociedade. Os problemas a este nível a que assistimos na última década vieram acentuar a necessidade de se alterar o comportamento, nomeadamente industrial, por forma a manter uma necessidade de crescimento a nível económico e em simultâneo assumir uma postura de responsabilidade ambiental preservando o meio ambiente, evitando problemas futuros como é o caso da diminuição da camada de ozono por via do efeito de estufa exagerado na atmosfera. A metodologia utilizada na elaboração deste trabalho permite-nos perceber as relações causa-efeito entre o crescimento económico, a emissão de CO2 e o consumo de energias renováveis em Portugal, através dos testes de causalidade à Granger. As principais conclusões foram, por um lado, a evidência de causalidade unilateral do consumo de energias renováveis relativamente ao PIB (crescimento económico), em que um aumento do primeiro origina um crescimento da economia portuguesa, por outro lado, a evidência de causalidade bidirecional entre as emissões de CO2 e o crescimento económico, ambas de forma positiva. A não verificação de que o consumo de energias renováveis causa a redução da emissão de CO2 pode ser explicada por um nível insuficiente de consumo destas formas de energia.

Nowadays, environmental topics are a strong society's concern. The issues observed at this level throughout the last decade emphasized the need for changing behaviours, namely in industrial terms, in order to maintain the economic growth and, simultaneously, to assume an attitude of environmental responsibility, avoiding future problems such as the thinning of the ozone layer due to the greenhouse effect. The methodology used in this project allows us to understand the cause-effect relationships between economic growth, CO2 emissions and renewable energy consumption in Portugal, through Granger's causality tests. The main conclusions were, on one hand, the evidence of unilateral causality of renewable energy consumption in relation to GDP (economic growth), in which an increase of the first leads to a growth of the Portuguese economy, and, on the other hand, the evidence of bilateral causality between CO2 emissions and economic growth - both in a positive way. The non-verification that the renewable energy consumption causes the reduction of the CO2 emissions can be explained by an insufficient level of consumption of this energy type.

Mestrado em Métodos Quantitativos para a Decisão Económica e Empresarial

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Proença, Isabel
Contributor(s) Amador, Tomás Alves
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents