Document details

Value versus growth in the PIIGS stock markets

Author(s): Oliveira, Ricardo António Abreu

Date: 2016

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.5/13057

Origin: Repositório da UTL

Subject(s): Investimento valor; Investimento crescimento; Prémio valor; Rácios fundamentais; Hipótese do mercado eficiente; avaliação de ativos; Value Investing; Growth Investing; Value premium; Fundamental ratios; Efficient Market Hypothesis; Asset pricing


Description

Evidência académica sugere que, ações que transacionam a um preço mais baixo comparativamente aos seus fundamentais (ações valor), tendem a ter um desempenho superior ao de ações que transacionam a preços superiores (ações crescimento). Apesar de este tópico ter sido imensamente abordado a nível mundial, especialmente no mercado acionista Americano, não existe evidência clara que tal afirmação se aplica em países menos conhecidos como Portugal, Itália, Irlanda, Espanha e Grécia que são geralmente conhecidos pelos "PIIGS" da União Europeia devido às suas economias instáveis e níveis elevados de dívida pública. Portfólios valor e crescimento são construídos e posteriormente avaliados. Encontramos um prémio valor compatível com estudos previamente conduzidos a nível mundial. Usando as regressões de Fama e Macbeth (1973) e as extensões dos seus modelos, descobrimos que o alfa gerado por estratégias de valor na região dos PIIGS é demasiado grande para ser explicado por modelos tradicionais de avaliação de ativos.

Evidence from academic research suggests that stocks trading at a lower price relatively to its fundamentals (value stocks) tend to outperform stocks that trade at higher prices (growth stocks) in the long run. Although this has been immensely studied worldwide, especially in U.S stock market, there is no clear evidence if such assertion is applicable in less renowned countries, such as, Portugal, Italy, Ireland, Spain and Greece which are commonly known as the EU PIIGS due to their economic instability and high national debt levels. We construct and evaluate value and growth portfolios and find an eloquent value premium in these countries, compatible with previous studies conducted worldwide. Using Fama and Macbeth (1973) regressions and its model extensions we find that the alpha generated by value strategies in the PIIGS regions is too large to be explained by conventional asset pricing models

Mestrado em Finanças

Document Type Master thesis
Language English
Advisor(s) Garcia, Maria Teresa
Contributor(s) Oliveira, Ricardo António Abreu
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents