Document details

Modelação e previsão da despesa em cuidados de saúde em Portugal

Author(s): Rodrigues, Stephanie Nancy da Veiga Jassy Barbosa

Date: 2016

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.5/13147

Origin: Repositório da UTL

Subject(s): Despesa em cuidados de saúde em Portugal; ARIMA; previsão; modelo Regressão Linear Múltipla; Eviews; Healthcare spending in Portugal; forecast; Multiple Linear Regression Model; Eviews


Description

Esta tese teve como objectivo a modelação e previsão em cuidados de saúde (privada, pública e total) recorrendo ao modelo ARIMA. Foi realizado um estudo econométrico sobre as variáveis potencialmente explicativas da evolução da despesa em cuidados de saúde em Portugal recorrendo ao modelo de Regressão Linear Múltipla. Para realizar a modelização e previsão das despesas em cuidados de saúde bem como para o estudo econométrico das despesas em cuidados de saúde, foi utilizado o software Eviews 9.0. O modelo ARIMA (2,1,2) de acordo com os critérios AIC e BIC mostrou ser o melhor modelo para previsões para as despesas em cuidados de saúde (privada, pública e total) em Portugal nos anos 2014 e 2015. O resultado das previsões para as despesas em cuidados de saúde (privada, pública e total) indica que se irá verificar um aumento. Este resultado indicou ser bastante positivo dado que a diferença entre o valor previsto e o valor real da despesa em cuidados de saúde em 2015 foi pequena. A mortalidade infantil, proxy da evolução tecnológica segundo Okunate & Murthy (2002) mostrou ser a variável com maior capacidade de explicação da variação na despesa em cuidados de saúde (privada, pública e total) em Portugal. Assim, a mortalidade parece ser uma boa proxy dos efeitos do progresso tecnológico embora Newhose (1992), Okunate & Murthy (2002) afirmarem que é necessário realizar investigações sobre a conceptualização, mensuração e a incorporação destes efeitos para a explicação da evolução da despesa em cuidados de saúde.

This theses had the purpose of modeling and forecast the healthcare expenses (private, public and total), using the ARIMA model. it was made an econometric study of the potentially explanatory variables of expenditure developments in health care in Portugal using the Multiple Linear Regression Model. To perform the modeling and forecasting of costs in health care and the econometric study of costs in health care, it was used the Eviews 9.0 software. The ARIMA (2,1,2) according to the AIC and BIC criteria was the best model to make forecasts for spending on private, public and total health care in Portugal in the years 2014 and 2015. The result of the forecasts for spending on private, public and total health care demonstrated that we will see an increase. This result indicated to be very positive as the difference between the predicted value and the real value of expenditure on health care in 2015 was small. Infant mortality, proxy of technological according with Okunate & Murthy (2002) proved to be the variable with the greatest capacity for the explanation on the variation of the spending on private health care, public and total health care in Portugal. Thus, mortality seems to be a good proxy of the effects of technological progress but Newhose (1992), Okunate & Murthy (2002) claim that it is necessary to carry out investigations regarding the conceptualization, measurement, and the incorporation of these effects to explain the evolution of expenditure in health care.

Mestrado em Decisão Económica e Empresarial

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Proença, Isabel
Contributor(s) Rodrigues, Stephanie Nancy da Veiga Jassy Barbosa
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents