Document details

Efeitos do consumo digital na imprensa escrita : evidência empírica para os jornais diários portugueses

Author(s): Santos, Nuno Duarte Fialho Sanches Borges dos

Date: 2016

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.5/13169

Origin: Repositório da UTL

Subject(s): VAR; Causalidade; Media; Imprensa; Digital; Causality; Press


Description

O mercado dos media em geral é um dos sectores mais sensível ao choque tecnológico da digitalização. No caso particular da imprensa escrita, as investigações existentes, não sendo concordantes, apontam pistas para a existência de efeitos positivos (ou de complementaridade), negativos (ou de substituição) ou mesmo neutrais entre os consumos digital e impressos. Dada a escassez de dados e investigações no mercado Português, o presente trabalho constitui uma investigação de natureza assumidamente empírica na pesquisa de efeitos de causalidade entre o consumo digital e o consumo em papel no mercado da imprensa escrita diária em Portugal. Na perspectiva de cariz aplicado da investigação, a investigação adopta a metodologia VAR como veículo para o estudo da (não-) causalidade à Granger. No caso, tanto numa perspectiva individual através de modelos VAR independentes para cada um dos títulos, bem como numa perspectiva global e conjunta com modelos VAR para painéis de diferentes segmentos de mercado (mercado total, desporto, economia e negócios e informação geral). Um dos pontos centrais da investigação prende-se com a utilização de variáveis exógenas. A incorporação destes factores revela-se particularmente importante na eliminação de efeitos e causalidades espúrias. Ao não encontrar fortes evidências estatísticas de causalidade e de dinâmicas de longo-prazo, a investigação acaba por não partilhar o pessimismo dos que defendem a canibalização das edições impressas pelas edições digitais (ou o optimismo dos que defendem a sua complementaridade), orientando antes para a importância e relevância dos contéudos e dos seus diferentes efeitos nos dois tipos de consumo.

The media market is one of the most sensitive industries to the technological shock of digitalization. In the case of print media, the existing research, not being consistent, point clues to the existence of positive effects (or complementary), negative (or substitution) or even neutral between digital and print consumption. Given the lack of data and research in the Portuguese market, this work is an assumedly empirical research of causal effects between digital and print consumption in the market of daily newspapers in Portugal. In the applied-oriented research perspective, the research adopts the VAR methodology as a vehicle for the study of Granger (non-)causality. Both from an individual perspective through independent VAR models for each of the titles, as well as a general and joint approach with VAR models for panels of different market segments (total market, sports, economics and business and general information). One of the central points of the research is related to the use of exogenous variables. The incorporation of these factors is particularly important in eliminating spurious effects and causalities. Not finding strong statistical evidence of causality and long-term dynamics, the research does not share the pessimism of those who defend the cannibalization of printed editions by digital editions (or the optimism of those who defend their complementarity), guiding instead to the importance and relevance of content and their different effects on both types of consumption.

Mestrado em Econometria Aplicada e Previsão

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Caiado, Aníbal
Contributor(s) Santos, Nuno Duarte Fialho Sanches Borges dos
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents