Document details

Avaliação da influência da adubação azotada nítrica e amoniacal no crescimento e na actividade de algumas enzimas em oliveiras jovens (Olea europaea L. cv Cobrançosa)

Author(s): Silva, Maria Pedro Mendes Gomes da

Date: 2010

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.5/15184

Origin: Repositório da UTL

Subject(s): formulações nítrico-amoniacais; glutamina-sintetase; lixiviação de N; nitrato-redutase; níveis de N


Description

Na cultura da oliveira estão pouco estudadas quais as formas e quantidades de azoto preferíveis em termos de produtividade e de impacto ambiental. Neste trabalho estudou-se a influência da adubação azotada nítrica e amoniacal no desenvolvimento de jovens oliveiras (cv. Cobrançosa) e na actividade da nitrato-redutase (NR) e da glutamina-sintetase (GS), duas enzimas responsáveis pela fixação do azoto na planta (ensaio A), utilizando-se 4 níveis de azoto: N0 – 0 kg/ha, N1 – 30 kg/ha, N2 – 60 kg/ha e N3 - 90 kg/ha e 3 tipos de formulações nítrico-amoniacais: 100:0 (Ca(NO3)2.4 H2O), 50:50 (NH4NO3) e 0:100 (NH4)2SO4). Noutro ensaio (B) avaliaram-se as perdas de N por lixiviação dos adubos azotados utilizados, testando-se 2 níveis de azoto, N0 e N3 e duas formulações, NH4NO3 e Ca(NO3)2.4 H2O por forma a avaliar as perdas de N por lixiviação dos adubos azotados utilizados. Os resultados obtidos indicam que a adubação azotada não influenciou qualquer das características analisadas nas jovens oliveiras: características biométricas, teores foliares de azoto total e mineral e a actividade foliar da NR e da GS. No ensaio B o tratamento com NH4NO3 levou a menores perdas por lixiviação de ião nitrato e de ião amónio que o de Ca(NO3)2.4 H2O

Mestrado em Engenharia Agronómica - Instituto Superior de Agronomia

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Mota, Mariana Gomes; Torres, Maria Odete
Contributor(s) Silva, Maria Pedro Mendes Gomes da
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents