Document details

Estudo retrospetivo da utilização do fosfato de toceranib numa amostra de 38 doentes oncológicos caninos

Author(s): Florindo, Ana Patrícia Mendes

Date: 2018

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.5/15892

Origin: Repositório da UTL

Subject(s): Inibidores das tirosina cinases; fosfato de toceranib; oncologia; efeitos adversos; Tyrosine Kinase Inhibitors; toceranib phosphate; oncology; adverse effects


Description

A terapêutica oncológica tem vindo a evoluir ao longo dos anos com o objetivo de encontrar estratégias terapêuticas mais direcionadas para as células neoplásicas e com menos efeitos adversos. O fosfato de toceranib (Palladia®) faz parte do grupo dos inibidores das tirosina-cinases, e está indicado para o tratamento de mastocitomas. No entanto, tem sido utilizado noutras neoplasias, sob a forma de tratamento paliativo, como por exemplo, em carcinomas e quemodectomas. Foi realizado um estudo com o objetivo de caracterizar a utilização deste fármaco. Para isso, procedeu-se a uma análise retrospetiva da totalidade dos casos clínicos de canídeos submetidos à terapêutica com o toceranib, do Hospital Veterinário do Restelo e do Hospital Escolar da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Lisboa, durante o período de Março de 2013 a Maio de 2017. Constatou-se que a terapêutica com o toceranib foi mais utilizada em fêmeas (52,6%), com uma idade mediana de 12 anos. Quanto ao tipo de tumor verificou-se que a administração deste fármaco ocorreu mais frequentemente em carcinomas (44,7%), a maioria dos animais em estudo apresentou metástases (55%) e 50% não tinham realizado tratamento prévio. Este fármaco foi escolhido como primeira opção terapêutica em animais com idade superior a 14 anos e com metástases. Verificou-se que em 47,3% a dose administrada variou entre 2-3mg/kg, dose inferior à Dose Máxima Tolerada e a maioria dos animais realizou este fármaco em associação (68,4%). Apesar de estar descrito uma baixa frequência de efeitos adversos com este tipo de fármaco, esta terapêutica não é isenta de toxicidade, tal como foi comprovado com este estudo. Verificou-se uma predominância de efeitos gastrointestinais (90,3%) e hematopoiéticos (80%), apesar de não se descartar a hipótese dos efeitos observados poderem não estar associados exclusivamente ao fosfato de toceranib mas sim ao tipo de tumor, estado clínico do animal e aos fármacos utilizados em associação.

ABSTRACT - Retrospective study of toceranib’s phosphate use in 38 canine cancer patients - Oncological therapy has been evolving over the years with the aim of finding therapeutic strategies more directed to the neoplastic cells and with fewer consequences to other systems (adverse effects). Toceranib phosphate (Palladia®) is a tyrosine kinase inhibitor aproved for the treatment of mastocytomas. However, it has been used in other neoplasias, in the form of palliative treatment, for example in carcinomas and chemodectomes. This study aimed to describe the use of this drug in a sample of dogs with neoplasia. For this, a retrospective analysis of all dogs submitted to toceranib, from Veterinary Hospital of Restelo and the Hospital of the Faculty of Veterinary Medicine of the University of Lisbon was carried out during the period from March 2013 to May 2017. It was found that toceranib phosphate therapy was usually adopted in females (52,6%), with a median age of 12 years. Relative to the neoplasia, the administration of this drug occurred frequently in carcinomas (44,7%), most of the animals under study had metastases (55%) and 50% hadn’t done previous treatment. This drug was chosen as the first therapeutic alternative in animals aged over 14 years and with metastases. It was found that in 47,3% doses were administered between 2-3 mg/kg, below the Maximum Tolerated Dose and most of the animals do this drug in association (68,4%). Although a low frequency of adverse effects with this type of drug has been described, this therapy is not free of toxicity, as evidenced by this study. There was a predominance of gastrointestinal (90,3%) and hematopoietic (80%) effects, although the hypothesis of observed effects may not be associated exclusively with toceranib, but rather with tumor type, clinical condition of the animal and drugs used in association.

Dissertação de Mestrado Integrado em Medicina Veterinária

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Lopes, Patrícia Jorge; Moreira, Anabela de Sousa Santos da Silva
Contributor(s) Florindo, Ana Patrícia Mendes
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents