Document details

Espaço natural de transição.Integração da componente natural em modelos de cidades compacta

Author(s): Almeida, Maria Inês Pedro de

Date: 2011

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.5/3471

Origin: Repositório da UTL

Subject(s): Planeamento Urbano; Cidade; Compactação urbana; Espaço natural; Coninnum naturale; Urban Planning; Urban compactness; Natuaral space


Description

O presente relatório final de projecto tem como objecto de estudo o Espaço Natural de Transição e de que forma é que a componente natural, integrada em modelos de cidades compactas, pode contribuir para um futuro desenvolvimento sustentável das cidades. O crescimento do meio urbano está intimamente relacionado com os processos de fixação de população nas cidades, induzidas por constantes mutações que a humanidade tem enfrentado ao longo dos tempos. No entanto, este crescimento urbano nem sempre tem sido feito segundo um trabalho de planeamento urbano cuidado, o que tem tido como consequência, o desenvolvimento de cidades cada vez mais descaracterizadas, descompactadas e diluídas no território, repletas de rupturas, obstáculos e vazios expectantes. Esta situação acarreta consigo diversos problemas de mobilidade, poluição atmosférica e consumos, tanto energéticos e de recursos, como também de tempo. Este projecto tem como pressuposto base, a tentativa de contrariar o fenómeno de “sprawl” urbano intensificado nas últimas décadas, assentando pelo contrário, na ideia de compactação, densificação e modernização urbana. Propõe-se então, a construção de modelos de cidades compactas que, por um lado privilegiem a aproximação de usos habitacionais, trabalho, educacionais, culturais e de lazer e que por outro, integrem a componente natural de forma generosa no tecido da cidade, sem que esta surja como um elemento de ruptura, mas sim como um Espaço Natural de Transição. Defende-se que este poderá ser um possível caminho para um futuro mais sustentável das cidades do amanhã, onde a população possa atingir, de forma plena, níveis de vida que correspondam às suas necessidades e aspirações.

This dissertation focuses on the Natural Transition Space and how the natural component, when integrated in models of compact cities, can contribute to a sustainable development of cities. The growth of urban areas is closely related to the processes of settlement of people in cities, induced by the constant changes that mankind has undergone throughout the ages. However, this urban growth has not always occurred according to a careful urban planning, which resulted in the development of cities increasingly deprived of their identity, uncompacted and diluted in the territory, full of breaches, obstacles and bleak wastelands. This situation brings with it several mobility issues, air pollution and consumption, not only of energy and resources, but also of time. The basic premise of this project is to inhibit the phenomenon of urban sprawl, which has been growing over the past decades, while defending the idea of urban compactness, densification and upgrading. This dissertation recommends the construction of models of compact cities that, not only favour the proximity of residential, working, educational, cultural and leisure areas, but also integrate the natural component into the structure of the city in such a way that it will not be considered a disruptive element but a Natural Transition Space. We support the idea that this could be a possible path to a more sustainable future of the cities of tomorrow, where the population will be able to fully achieve a standard of living that matches its needs and expectations.

Tese de Mestrado em Arquitectura com a especialização em Arquitectura

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Mateus, Nuno Miguel Feio Ribeiro
Contributor(s) Almeida, Maria Inês Pedro de
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents