Document details

Formação & desenvolvimento no combate ao desemprego : o papel do IEFP

Author(s): Júdice, Joana Barracha da Guerra

Date: 2014

Persistent ID: http://hdl.handle.net/10400.5/7217

Origin: Repositório da UTL

Subject(s): Formação e Desenvolvimento (F&D); Competências; Desemprego; Programas Ativos de Emprego (PAE); IEFP; Medida Vida Ativa; Training & Development; Competences; Unemployment; Active Labor Market Policies (ALMP)


Description

Motivação: A atual crise económica e social que se observa em Portugal resulta na manutenção de elevadas taxas de desemprego que têm repercussões a diversos níveis. A resposta política a esta situação tem assumido prioridade nos últimos dois anos, seguindo as diretivas enunciadas na Estratégia Europeia de Emprego que anuncia a Formação e desenvolvimento (F&D) de competências como uma das principais soluções. Tais recomendações evidenciam a necessidade de correlacionar a implementação destas medidas com outros Programas Ativos de Emprego (PAE) que permitam ativar as competências desenvolvidas. Problema: A implementação destes PAE pode não servir os objetivos a que se propõe ou mesmo agravar o problema, quando não cumpre as regras definidas na literatura. Sendo que tais medidas representam um grande investimento do Estado, é necessário analisar a sua atividade de forma a garantir que as metas definidas são alcançadas. Em Portugal, existe uma carência de dados que permitam fazer esta Avaliação e Controlo. Abordagem: O presente estudo analisa em pormenor a implementação de duas medidas específicas – Medida Vida Ativa e Medida Estímulo – utilizando uma metodologia mista que permitirá compreender a correlação existente entre a oferta de emprego e a oferta de F&D e concluir acerca da coerência e correção da ação do Instituto do Emprego e Formação Profissional. Conclusões: A recolha e análise de dados permitiu compreender que é urgente procurar alternativas, pois a fórmula adoptada não serve os objetivos de ordem financeira a que se propõe, contribuindo para um agravamento do desemprego, não oficial, que representa uma elevada despesa pública.

Motivation: The current economic and social crisis observed in Portugal results in the high rates of unemployment with repercussions at different levels. The government response on this issue has been a priority for two years, which follows the directives set by the European Employment Strategy, stating that Training & Development of Competences is a major solution when correlated with the implementation of other Active Labor Market Policies (ALMP) in order to activate the competences developed. Problem: The incorrect implementation of these ALMP may provoque reverse consequences, exacerbating the problema. As these measures represent a major government investment it is importante to analyze its activity to guarantee the aims are achieved. In Portugal, exists a lack of data that allows this evaluation and control. Approach: This study analyzes the implementation of two specific measures – Medida Vida Ativa and Medida Estímulo – using a mixed methodology that allows the understanding of the correlaction between employment and training & development and conclude about the consistency and appropriateness of the action from Instituto do Emprego e Formação Profissional. Conclusions: The results highlight the urgente need for alternatives as the current formula does not serve its own financial objectives thus contributing for an unnofficial increase on unemployment that represents a high public expense.

Mestrado em Ciências Empresariais

Document Type Master thesis
Language Portuguese
Advisor(s) Henriques, Paulo Lopes
Contributor(s) Júdice, Joana Barracha da Guerra
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Related documents

No related documents