Detalhes do Documento

Inovação e cooperação como fator de competitividade das empresas de contabilidade: caso de estudo do distrito da Guarda

Autor(es): Fonseca, Adriana I E

Data: 2015

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10314/2229

Origem: Repositório Institucional do Instituto Politécnico da Guarda

Assunto(s): Inovação; Cooperação; Competitividade; Contabilidade


Descrição

A inovação e a cooperação são dois fatores em constante evolução no mundo. Cada vez mais se consegue percecionar a necessidade destes dois fatores serem trabalhados em conjunto, de forma a garantir o sucesso e a sustentabilidade das empresas. De facto, estas recorrem cada vez mais a recursos externos, tais como, universidades e parcerias, de forma a conseguirem atingir determinados objetivos, existindo entre as duas partes uma relação de troca de conhecimentos e de recursos. O papel da inovação nas organizações/empresas é cada vez mais importante, nomeadamente a utilização de recursos inovadores para o apoio ao cliente, para que este tenha um atendimento mais personalizado, a fim de responder às suas necessidades que estão em constante mudança. Assim sendo, a cooperação surge como uma estratégia alternativa para as empresas, que resulta de determinadas limitações que não lhes permitem dispor a curto prazo dos recursos necessários para alcançar atividades chave. Neste contexto, justifica-se um estudo mais aprofundado da inovação e da cooperação como fatores de competitividade, incidindo a análise no setor dos serviços, em particular no setor da contabilidade. Os objetivos do presente estudo centram-se em analisar se a inovação e a cooperação são fatores determinantes num conjunto específico de empresas no sector da contabilidade, para a sua sustentabilidade e sobrevivência relativamente ao meio onde estão inseridas. Conclui-se com o presente projeto qua a inovação é um tema atual, diversificado e abrangente. Por sua vez, a cooperação é essencial para as empresas poderem ultrapassar certas limitações e as suas redes estimulam o desenvolvimento da inovação. A competitividade está associada à sobrevivência da empresa e ao seu desenvolvimento de forma sustentável, isto implica que a mesma, sozinha ou em cooperação com outras empresas/entidades, seja propensa a inovar. Do estudo realizado a um conjunto de empresas de contabilidade, sediadas no distrito da Guarda, concluiu-se que, regra geral, as empresas inovaram no período em análise (2012-2013). O estudo permitiu identificar uma relação direta entre a existência de apoios à inovação e de processos de cooperação e a introdução de inovações. Concluiuse ainda que as empresas que adotaram estratégias de inovação e de cooperação são as que estão há mais tempo no mercado, o que pode ser visto como indicador de competitividade.

Tipo de Documento Dissertação de mestrado
Idioma Português
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Documentos Relacionados

Não existem documentos relacionados.