Detalhes do Documento

Endodontia versus implantologia

Autor(es): Frango, Ângelo Gonçalves

Data: 2017

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10400.26/19820

Origem: Egas Moniz - Cooperativa de Ensino Superior, CRL

Assunto(s): Endodontia; Implantologia; Restaurações; Fatores


Descrição

Existe, atualmente, uma grande controvérsia na escolha do tratamento para dentes gravemente comprometidos. Por um lado, pretendem-se preservar as estruturas dentárias naturais através do tratamento endodôntico e da respetiva restauração/reabilitação; por outro lado, a evolução dos materiais e técnicas implantológicas têm vindo a mimetizar estas estruturas com elevadas taxas de sobrevivência/sucesso. O médico-dentista é responsável pela identificação e avaliação de todos os critérios relevantes para a escolha do tratamento mais adequada, baseado na evidência científica mais atual. Ao decidir se um dente com um prognóstico questionável deve ser mantido ou substituído por um implante, devem ser considerados fatores relacionados com os tratamentos, fatores inerentes aos mesmos e fatores centrados no paciente. Uma avaliação metódica destes fatores vai permitir a decisão, juntamente com o paciente, da melhor opção terapêutica. Esta revisão tem o objetivo de reunir os critérios mais pertinentes e relevantes para essa decisão.

Dissertação para obtenção do grau de Mestre no Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz

Tipo de Documento Dissertação de mestrado
Idioma Português
Orientador(es) Maurício, Paulo
Contribuidor(es) Frango, Ângelo Gonçalves
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Documentos Relacionados

Não existem documentos relacionados.