Detalhes do Documento

Arquitectura e design articulação de saberes na unidade de habitação de Marselha

Autor(es): Silva, Maria

Data: 2013

Identificador Persistente: http://hdl.handle.net/10400.26/5005

Origem: Escola Superior de Artes e Design

Assunto(s): Arquitectura; Design; Le Corbusier; Unidade de Habitação de Marselha; mobiliário integrado


Descrição

Este estudo teve como objectivo analisar a articulação de saberes nos domínios da Arquitectura e do Design. Para tal, foi seleccionada a Unidade de Habitação de Marselha, obra realizada pelo arquitecto Le Corbusier (1874-1968), em finais da década de quarenta, como resposta a uma situação de crise habitacional do pós-segunda guerra mundial. A Unidade de Habitação de Marselha, tornou-se o objecto de experimentação de uma nova forma de habitar. Obedecendo a um programa que incluia habitação, comércio e equipamentos, nela foi aplicado o conceito de cidade-jardim vertical, resultante de estudos teóricos desenvolvidos desde as primeiras décadas do séc. XX. A sua concepção envolveu um novo conceito de planeamento para a cidade, a introdução de novos materiais e métodos construtivos, uma organização espacial dirigida para o aproveitamento dos recursos naturais e para a vida em comunidade: cada nível foi transformado em bairro residencial, o corredor em rua interior e os apartamentos em moradias concebidas como “verdadeira máquina para habitar”, onde zonas de convivência familiar e de espaço indivdual se organizam e articulam de modo a garantir a separação dia/noite do espaço interior. A imbricação das áreas arquitectura/design foi reforçada na concepção de um conjunto de peças de mobiliário, especialmente concebidas para este projecto, onde a função foi duplicada, na articulação e organização do espaço interior.

Tipo de Documento Dissertação de mestrado
Idioma Português
Contribuidor(es) Silva, Maria
facebook logo  linkedin logo  twitter logo 
mendeley logo

Documentos Relacionados